Encerrada na sexta-feira, 3, a Agrishow 2019 movimentou na edição deste ano cerca de R$ 2,9 bihões em novos negócios, receita 6,4% superior à obtida em 2018.

Mais de 159 mil pessoas visistaram a tradicional feira da agroindústria brasileira, em sua maioria compradores e produtores rurais de pequeno, médio e grande portes, provenientes de todas as regiões do País e também do exterior. Realizada em Ribeirão Preto (SP), a mostra comemorou jubileu de prata este ano e teve duração de cinco dias.

Para João Carlos Marchesan, presidente do Conselho de Administração da Abimaq, Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, esta foi a melhor Agrishow dos últimos dez anos.

“Com a Agricultura 4.0, vivemos uma verdadeira revolução por meio da robótica, inteligência artificial, internet das coisas que, embarcadas nas máquinas e implementos, estão mudando significativamente o cotidiano do agronegócio e a produtividade no campo”, comentou o executivo.

LEIA MAIS

Agrishow reunirá mais de oitocentas marcas

CNH Industrial faz ações de recrutamento na Agrishow

Anúncio

Por segmento, a intenção de compra de máquinas teve expressiva alta de 35% nos negócios relativos à irrigação, de 5% em grãos, frutas e café e de 4% em pecuário. No caso de armazenagem houve queda de 13%.

Exterior – A 20ª Rodada Internacional de Negócios reuniu 15 compradores, procedentes da Argentina, Austrália, Chile, Colômbia, Etiópia, México, Nigéria e Peru, com 52 empresas brasileiras, em uma ação de promoção comercial que resultou em mais de US$ 32,9 milhões, entre negócios fechados e futuros para os próximos 12 meses.

Esse valor representa alta de 60% em relação à mesma ação realizada na Agrishow 2018. Denominada Projeto Comprador, a Rodada Internacional de Negócios foi organizada pelo Programa Brazil Machinery Solutions, uma parceria entre a Apex-Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, e a Abimaq.

A próxima edição da Agrishow será promovida de 27 de abril a 1º de maio de 2020.


Foto: Divulgação/Agrishow