O Grupo Traton, companhia que reúne as marcas de veículos comerciais MAN, Scania e Volkswagen Caminhões, divulgou na terça-feira, 7 de maio, os resultados financeiros do primeiro trimestre. No período, a empresa apurou receita nas vendas globais de € 6,4 bilhões milhões, alta de 6% sobre o faturamento dos três primeiros meses do ano passado.

De janeiro a março, as marcas entregaram aos mercados em que atuam, 57,1 mil veículos comerciais, expansão de 7,4% na comparação com o volume de 2018. Com o desempenho, a empresa obteve lucro operacional de € 470 milhões.

A companhia atribui o resultado ao cenário favorável de seus principais mercados europeus e brasileiro. “O Grupo registrou as maiores vendas de todos os tempos em um único trimestre”, revela em nota Adreas Renschler, CEO da TRATON e membro do Conselho Administrativo da Volkswagen AG. “Continuamos nosso caminho em direção ao crescimento rentável, estabelecido na criação do Grupo.”

LEIA MAIS

→Vendas do Grupo Traton avançam 14% em 2018

Anúncio

→Traton AG se torna Traton SE

→VW Truck & Bus agora é oficialmente Grupo Traton

Dentre as marcas da empresa, a MAN foi a que registrou o maior volume de entregas no primeiro trimestre, 24,9 mil unidades, volume 13% superior ao anotado um ano antes. A receita proveniente chegou a € 2,6 bilhões, aumento de 7%, e o lucro operacional alcançou € 122 milhões, 30% maior.

A Scania anotou vendas de 23,5 mil caminhões e ônibus de janeiro a março, alta de 4%. O faturamento somou € 3,4 bilhões, por volta de 11% superior ao apurado no ano anterior, e o lucro operacional cresceu 24%, para € 370 milhões.

No primeiro trimestre, as vendas da VWCO evoluíram 12%, ao entregar 9,8 mil veículos. Com o desempenho, a receita alcançou € 416 milhões, crescimento de 21% sobre o mesmo o período do ano passado, e lucro operacional de € 8 milhões.


Foto: Grupo Traton/Divulgação