Apenas como Marelli é agora denominada a empresa criada com a compra da Magneti Marelli pela japonesa Calsonic Kansei. A escolha de preservar parte do nome da companhia antes pertencente ao Grupo FCA foi determinada pela força que possui acumulada em mais de 100 anos de história.

“Optamos por Marelli depois de muita análise. Embora a Calsonic Kansei tenha uma forte presença na Ásia e no Japão, quando analisamos o valor total da marca e o reconhecimento dos clientes em todo o mundo, percebemos que a marca Magneti Marelli é mais difundida”, conta em nota Beda Bolzenius, CEO da recém-criada empresa. “É fundamental manter o valor intrínseco de marca da Magneti Marelli, porém, recriando-o de uma nova maneira, reconhecível para os clientes globais, que represente a mesma alta qualidade e inovação pelas quais somos conhecidos, além da criação de um sentido de unidade através de uma única marca com uma nova imagem.”

LEIA MAIS

→FCA conclui venda da Magneti Marelli

→FCA vende a Magneti Marelli para a Calsonic Kansei

Anúncio

→FCA perto de negociar a Magneti Marelli com grupo japonês

A Marelli nasce de um negócio de € 5,8 bilhões, constituindo uma das maiores fornecedoras globais de sistemas automotivos. A companhia opera 170 instalações e centros de P&D na Europa, América do Norte, América do Sul e região Ásia-Pacífico. Ao providenciar um único nome, a empresa pretende aproveitar as competências construídas pelas sistemistas ao longo do tempo, como foco contínuo em inovação, pela marca italiana, e excelência em qualidade e processos, pela japonesa.

“Nosso objetivo é aproveitar a herança excepcionalmente forte pela qual cada empresa se tornou conhecida para criar um fornecedor automotivo líder mundial. Criar uma marca que seja conhecida em todo o mundo é um passo importante para reunir nossos recursos combinados e ampliar nosso impacto global”, resume Bolzenius.


Foto: Marelli/Divulgação