Alinha linha 2020 do Kicks, o terceiro colocado no ranking dos SUVs mais vendidos no Brasil, já está disponível na rede de concessionárias Nissan com preços a partir de R$ 78.290 e trazendo itens de série que antes eram oferecidos como opcionais.

“Sucesso em toda a América Latina, o Kicks 2020 traz mais conteúdo, deixando as versões mais completas. Itens que eram exclusivos apenas das opções superiores da linha passam a integrar as de entrada. Isso mostra como a Nissan procura sempre atender às demandas de seus clientes”, comenta Humberto Gómez, diretor de marketing da montadora no Brasil.

A versão de entrada, a S manual, traz agora de série a disponibilidade da assinatura em led nos faróis, além do HSA, Sistema Inteligente de Partida em Rampa, e os VDCs (Controles de Tração e Estabilidade), que até a linha 2019 eram vendidos como opcionais no Pack Safety.

Outra novidade para essa opção é a inclusão de Apple Car Play e Android Auto no multimídia, que permite conectar os aparelhos celulares com sistemas iOS e Android ao sistema da Nissan, facilitando o uso dos aplicativos e funcionalidades dos telefones móveis.

A versão S CVT, a primeira da linha a contar com câmbio Xtronic CVT, também recebeu mais equipamentos. Além do farol com assinatura em led, vem agora com o controlador automático de velocidade, popularmente conhecido como piloto automático. Também ganha os aplicativos Apple Car Play e Android Auto, grade frontal e maçanetas internas na cor preta.

Anúncio

Para o Kicks SV, a Nissan incluiu também a assinatura de led nos faróis e o controlador automático de velocidade, além de oferecer como item de série air bags de cortina, item que estava disponível como opcional no Pack Plus até a linha anterior. Além do controlador automático de velocidade, a versão mais completa, a SL, vem agora com o apoio central de braço com item de fábrica.

As vendas do Kicks registram alta de 3,7% este ano, com total de 16,6 mil emplacamentos e participação próxima de 10% no segmento de SUVs. O modelo incopora a segunda geração do motor HR16DE 1.6 de 16 válvulas, que conta com controle de abertura das válvulas continuamente variável (CVVTCS) e sistema Flex Start System (FSS), que eliminou o tanque de partida a frio.


Foto: Divulgação/Nissan