A Volkswagen Caminhões e Ônibus aproveitou a extensa família de caminhões Delivery para oferecer uma versão inédita na linha especialmente para o mercado mexicano. O modelo semileve para 4 toneladas de peso bruto total (PBT), originalmente denominado 4.150, ganhou trem de força do seu irmão maior na categoria, o 6.160, para se tornar o 4.160.

Com a alteração, o transportador mexicano passa a ter à disposição um modelo mais robusto, com capacidade de carga útil de pouco mais de 1,8 toneladas, e ligeiramente mais potente. O motor Cummins de 2,8 litros que equipa o modelo gera 156 cv a 3.200 rpm e torque de 450 Nm (45,9 kgfm) de 1.500 a 2.400 rpm. Como comparação, o Delivery 4.150 carrega o mesmo motor, mas com 150 cv a 3.500 e torque de 360 Nm (32,7 kgfm) de 1.400 a 3.500 rpm.

LEIA MAIS

→VWCO reforça atendimento no México

→VW Delivery 6.160 chega ao México

→VWCO registra recorde de vendas no México

Anúncio

De acordo com a VWCO, a família Delivery, além desenvolvida para a América Latina, possui uma plataforma flexível, o que permite adequação conforme características e necessidades dos mercados da região.

O novo modelo que segue para o México, no entanto, preserva os atributos inerentes à linha, próprios para as operações de distribuição urbana de carga, como ampla visibilidade, ambiente interno espaçoso, dirigibilidade semelhante ao dos automóveis e facilidade de esterçamento, o maior da categoria, segundo a marca.

No Brasil, a preferência do transportador dentre os semileves da fabricante de Resende (RJ) se mostra maior pelo Delivery 6.160. O modelo é o vice-líder da categoria com 514 unidades licenciadas de janeiro a maio, o que representou 22,8% de participação no segmento. Seu irmão menor, o 4.150 somou apenas 19 modelos vendidos nos cinco primeiros meses do ano, com fatia de 0,84% nas vendas de semileves.


Foto: VWCO/Divulgação