Os modelos 2020 Hilux e SW4 começaram a desembarcar na rede de concessionárias Toyota com um incremento nos itens de segurança. A partir de agora, todos as versões cabine dupla da picape e toda a gama do utilitário esportivo passou a ter airbags laterais e de cortina, totalizando sete bolsas infláveis.

A fabricante também adicionou ao pacote de série nas opções SR e Standard da Hilux controles eletrônicos de estabilidade e de tração e assistente de partida em rampa, bem como a SR a diesel ganhou assistente de descida.

O acréscimo de itens segue com travas de roda nas versões GR-S, SRX, SRV e SR, e trava no estepe nas primeiras opções mencionadas.

LEIA MAIS

→Em junho, novo Toyota RAV4 Hybrid no Brasil

→Toyota anunciará Corolla como primeiro híbrido flex

→Toyota segue como marca automotiva mais valiosa do mundo

Anúncio

Além dos equipamentos de segurança, uma central multimídia, agora com tela de 8 polegadas, foi atualizada com funções de reconhecimento de dois toques simultâneos, permitindo zoom em imagens e informações do navegador. Também o GPS passou a apresentar ponto de referência em 3D, facilitando a visualização.

A central ainda reúne Tv Digital, tocador de MP3, câmera de ré, conexão Bluetooth e compatibilidade com os sistemas Android e IOS.

A linha preserva o conjunto mecânico com motores a diesel e flex. O primeiro, um turbodiesel 2,8 litros de 177 cv e, o segundo, um 2,7 litros com duplo comando de válvula variável que desenvolve 163 cv na picape e 159 cv no utilitário esportivo. A depender da versão, os motores podem estar associados a uma transmissão automática de seis marchas ou manual de cinco ou seis velocidades.

A linha abriga 12 versões da Hilux com preços de R$ 119,9 mil a R$ 214,9 mil, e seis da SW4, de R$ 161,6 mil a R$ 280 mil.


Foto: Toyota/Divulgação