O site e as redes sociais da Hyundai no Brasil já exibem foto de detalhe da carroceria da segunda geração do HB20. A imagem revela muito pouco, apenas a coluna C e uma pequena parte da tampa traseira com aerofólio na mesma cor da carroceria incorporado sobre o vidro.

O novo hatch será lançado oficialmente no dia 16 de setembro. Até lá, a própria montadora promete revelar outras imagens da renovação do modelo lançado há sete anos e  aguardada com ansiedade pela rede de concessionários da marca.

Isso porque o HB20, primeiro carro nacional da Hyundai Motor Brasil, é o veículo mais vendido da montadora no mercado interno, responde por cerca de 60% de todos os Hyundai negociados no País, incluindo unidades importadas e os modelos produzidos sob licença pelo Grupo CAOA em Goiás.

De janeiro a agosto, foram emplacados 70,4 mil HB20, desempenho que lhe garante o segundo lugar no ranking de automóveis.No total, a Hyundai acumulou mais de 118 mil veículos.

Anúncio

No mês passado, porém — muito provavelmente já com algum impacto da proximidade da chegada da nova geração —, não superou 8,2 mil licenciamentos, o que o deixou na terceira posição apenas, logo atrás do Ford Ka, que somou 9,1 mil unidades vendidas.

Essa proximidade mensal com o concorrente se repete também ao longo do ano. O HB20 tem somente 1,5 mil licenciamentos de vantagem sobre o hatch da Ford. A chegada da nova geração, portanto, é vista como o combustível que faltava para que o Hyundai se mantenha à frente também no último trimestre.

LEIA MAIS

→ Hyundai Creta 2020 chega à rede

→ Onix só cumpre tabela para chegar ao pentacampeonato


Foto: Divulgação/Hyundai