Com lançamento programado para o dia 28 deste mês, o novo Nissan Versa produzido na fábrica de Aguascalientes, no México, começa a chegar no Brasil. As primeiras unidades foram desembaracadas no porto do Rio de Janeiro, de onde seguiram para os pátios do complexo industrial da montadora em Resende, no sul-fluminense.

As vendas devem ser iniciadas após a apresentação do produto para a imprensa, entre o final deste mês e início do próximo. Detalhes sobre as versões que serão comercialiadas por aqui, novos recursos tecnológicos e preços só serão divulgados por ocasião do lançamento do novo sedã, que chega para ampliar a linha de atuação da Nissan no Brasil.

É que a empresa optou por manter a produção local do velho Versa, batizado agora de V-Drive e já a venda no País desde a segunda semana de agosto. Com isso pretende atuar no segmento de sedãs em duas faixas distintas, com um produto tecnologicamente mais avançado e preços diferenciados que devem atrair públicos distintos.

O mercado de sedãs está em queda no Brasil, mas tem um público fiel e, por isso, a maioria das montadoras oferece modelos nesse segmento. Pelos dados da Fenabrave, entre compactos, pequenos e médios, os sedãs dominaram quase 22% do mercado de janeiro a setembro deste ano, antes os 24,5% que detinham um ano antes.

Anúncio

LEIA MAIS

V-Drive 1.6 chega na rede Nissan com preço a partir de R$ 61 mil

Novo Versa para o Brasil já está em produção no México

O V-Drive, que foi renovado em relação à geração anterior, está sendo comercializado em quatro versões com motorização 1.6, com presços entre R$ 61 mil e R$ 78 mil.

Todas elas trazem como itens de série a direção elétrica progressiva, além de ar-condicionado, computador de bordo, vidros traseiros e dianteiros com acionamento elétrico, volante com regulagem de altura, freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA) e trava elétrica com acionamento por controle remoto, dentre outros.


Foto: Divulgação/Nissan