A Schaeffler aproveitou o Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, aberto ao público até 22 de setembro, para anunciar que em 2021 começará a produzir motores elétricos em série, o que adiciona mais uma atividade industrial no escopo da empresa. Na exposição, uma família de motores foi apresentada e, de acordo com companhia, está pronta para ser industrializada.

Com a nova capacidade de fornecimento, a Schaeffler está apta para atender variados projetos e aplicações, desde integração em módulos híbridos e transmissão híbridas até motores elétricos para propulsão de eixos. A linha de produtos terá faixa de tensão de 48 a 800 V e classes de potência de 15 a mais de 300 kW.

LEIA MAIS

→chaeffler registrou 2,4 mil patentes em 2018

→Schaeffler adquire Elmotec Statomat

Segundo a empresa, o domínio total da produção motores elétricos se deu com a aquisição da Elmotec Statomat, no fim de 2018, o que possibilitou trazer para dentro de casa a fabricação do estator, a parte fixa do motor elétrico.

“Ao adquirir novos conhecimentos no desenvolvimento e produção de motores elétricos internamente, não estamos apenas expandindo nosso portfólio, mas também buscando consistentemente nossa estratégia de mobilidade elétrica”, resume em nota Matthias Zink, CEO automotivo OEM da Schaeffler.


Foto: Schaeffler/divulgação