O presidente do Grupo Volvo América Latina, Wilson Lirmann, informou neste domingo, 13, que a fabricante estuda a produção de caminhões elétricos no Brasil. “Ainda não há definições com relação à data, mas é certo que na próxima década teremos de investir em elétricos por aqui”, destacou o executivo ao participar da apresentação das novidades da marca na Fenatran 2019, que abre suas portas ao público nesta segunda-feira, 14, e estende-se até a sexta-feira, 18, no São Paulo Expo, na capital paulista.

Lirmann disse que a empresa vem acompanhando de perto o movimento em prol dos veículos elétricos, lembrando que entre outras coisas é preciso avaliar a questão da infraestrutura. Mas lembrou que a tecnologia já existe na Europa, onde a Volvo lançou produtos do gênero no ano passado, e que já há contatos no Brasil para checar o interesse pelo produto.

Também presente na prévia da Fenatran, o presidente global da Volvo Caminhões, Roger Alm, confirmou a intenção de trazer os elétricos para o Brasil: “Estamos trabalhando com os clientes. O mercado brasileiro é muito importante para a companhia e estamos sempre estudando o lançamento de novas tecnologias na região”.

Alm aproveitou sua presença na Fenatran para destacar a retomada do Brasil como segundo maior mercado do grupo em todo o mundo. Na época da crise, segundo Lirmann, o País caiu para a sétima ou oitava colocação no ranking global. “Agora só perdemos para os Estados Unidos”.

LEIA MAIS

Anúncio

Sem espelho retrovisor, Actros ganha versões com motor de 530 cv

Volvo lança aplicativo que reduz risco de acidentes

Anfir promove rodada de negócios na Fenatran

Um dos destaques da Volvo na Fenatran 2019 é a série especial 40 anos do modelo FH, desenvolvida exclusivamente para comemorar as quatro décadas de produção da marca no Brasil. Além disso, mostra o caminhão Iron Knight (Cavaleiro de Ferro), o mais veloz do mundo.

Dentre as novidades da marca, o PVST, Programa Volvo de Segurança no Trânsito, está apresentando na feira o aplicativo Eu Rodo Seguro, ferramenta de gestão de risco de acidentes nas rodovias federais brasileiras, que também integra as ações que celebram os 40 anos de atuação da Volvo no Brasil.“O aplicativo é mais uma contribuição do PVST à sociedade”, destacou Carlos

Ogliari, vice-presidente de RH e Assuntos Corporativos da Volvo na América Latina. “É uma forma de reforçar nosso compromisso social de gerar prosperidade, indo além de produtos e serviços, alinhado à Visão de Segurança do Grupo Volvo, de buscar um futuro com Zero Acidentes envolvendo veículos da marca”.


Foto: Divulgação/Volvo