Engajada na formação profissional e também na qualidade da educação nas localidades nas quais atua, a FCA, Fiat Chrysler Automóveis, acaba de implantar o pioneiro programa e.Do Learning Center em Goiana, PE, cidade onde está instalado o Polo Automotivo Jeep.

O objetivo é levar para sala de aula um ambiente de aprendizado inovador no qual os estudantes do ensino fundamental utilizam o robô e.Do para aprimorar matérias curriculares, como física e matemática. A iniciativa envolve parceria entre a Jeep, o Sesi-PE e a Comau, empresa italiana de automação industrial especializada em processos automatizados e sistemas para melhorar o desempenho da produção.

“Investir em educação tem sido um pilar importante da FCA nos municípios em torno do Polo Automotivo Jeep. Acreditamos que essa é a principal ferramenta para transformar realidades”, comenta Fernando Elias, coordenador de sustentabilidade e relacionamento com a comunidade da FCA. “A prosperidade de uma comunidade está intimamente relacionada ao grau de formação e educação de seus habitantes. Por isso, a relevância de contribuir com o fortalecimento da qualidade da educação nessas cidades”.

LEIA MAIS

Tavares diz que não há planos para encerrar marcas da FCA-PSA

Vendas da FCA crescem 15,3% em outubro

Em fase piloto, o programa acontece durante seis meses na escola Sesi Goiana, que também poderá receber alunos da rede de ensino municipal. De acordo com a FCA, a estimativa é a de que pelo menos 780 alunos da Rede de Educação do SESI-PE do Ensino Fundamental II, do Ensino Médio e da Educação Básica Articulada com Educação Profissional – EBEP – sejam contemplados.

O robô e.DO foi desenvolvido pela Comau especialmente para a robótica educacional, com o objetivo de estimular a criatividade e a participação ativa dos alunos durante o aprendizado de matérias como ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática, adquirindo de maneira simples e divertida as competências necessárias para utilizar ou programar um robô.

Anúncio

“A inovação tecnológica abre caminho para novos métodos de ensino e de aprendizagem”, explica Donatella Pinto, diretora global de Recursos Humanos na Comau. “e.DO é um ótimo exemplo, ele foi a base de desenvolvimento para o e.DO Experience, um programa de formação que permite com que jovens, professores e profissionais, experimentem a eficácia e utilidade de métodos de aprendizado inovadores, capazes de despertar a curiosidade, envolver e inspirar”.

A superintendente do Sesi-PE, Cláudia Cartaxo, destaca que a iniciativa auxiliará no processo de ensino-aprendizagem, contribuindo para o desempenho acadêmico dos jovens: “O Sesi-PE está sempre em busca de trazer inovação à sala de aula e esse projeto estimulará nossos jovens a terem contato com novos recursos tecnológicos, percebendo que a robótica vai além da construção de um robô e proporciona o desenvolvimento de trabalho em equipe, raciocínio lógico e resolução de problemas”.


Foto: Divulgação/FCA