A Mercedes-Benz apurou crescimento de participação no sistema de transporte público de Belo Horizonte (MG) no ano passado com a entrega de 438 ônibus urbanos, volume 350% maior em relação às 97 unidades negociadas em 2018.

Segundo a fabricante, o desempenho permitiu em encerrar o período com participação no subsegmento de urbanos de 88% na capital mineira, 11 pontos porcentuais a mais ao obtido no exercício anterior, de 77%.

Liderança disparada

“Demos um salto muito expressivo no número de licenciamentos em Belo Horizonte. Mais do que quadriplicamos as vendas, o que reforça a nossa presença no sistema de transporte coletivo local”, comemora em nota Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing ônibus da companhia.

Todas as unidades absorvidas pelo sistema são do modelo OF 1724 L, equipados com ar-condicionado e suspensão pneumática, conforme exigências da BHTrans, a empresa gestora do transporte público de Belo Horizonte.

Anúncio

Líder do mercado de ônibus no País, responsável por mais da metade das vendas, a Mercedes-Benz iniciou 2020 na frente, com 853 emplacamentos registrados em janeiro, 57% das vendas de ônibus no primeiro mês, de quase 1,5 mil unidades.

No ano passado, o mercado absorveu 11,1 mil ônibus da marca, volume 49,5 acima do anotado em 2018, de 7,4 mil. O resultado proporcionou à companhia participação de 53,2% de mercado.

LEIA MAIS

→Mercedes-Benz projeta alta de 17% no mercado de pesados em 2020

→Vendas de ônibus crescem 39% em 2019


Foto: Mercedes-Benz/Divulgação