AFord amplia ações de ajuda no combate ao Covid-19 e anuncia a produção de máscaras em suas fábricas de Camaçari, BA, e Pacheco, na Argentina. A princípio serão fabricadas perto de 50 mil unidades, que serão doadas a profissionais de saúde por meio de órgãos públicos e organizações sem fins lucrativos.

Além dessa iniciativa, a montadora está oferecendo veículos à Cruz Vermelha no Brasil e Argentina, para auxiliar no transporte de equipes e suprimentos. A ideia é estender essa ação, que abrange uma ambulância e os modelos Transit, Fusion, EcoSport, Ranger e Ka, para o Chile, Colômbia e Peru. A Ford já havia divulgado projeto de recuperação de respiradores mecânicos e o adiamento de parcelas de financiamentos feitos pela Ford Credit.

LEIA MAIS

Fique em casa é tema da campanha de pós-venda da Ford

“Novo” logo VW: conscientização em tempos de Covid-19.

Anúncio

Fenabrave pleiteia reabertura imediata das concessionárias

“A família está em primeiro lugar nos valores da Ford – e tem estado por mais de 100 anos”, destaca Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul. “O desejo de ajudar e cuidar das pessoas é parte integrante da nossa tradição. Em momentos difíceis como este, nossas ações se tornam ainda mais importantes”.

Produzidas com lâmina de acetato e peças de suporte, as máscaras de proteção facial são atualmente um dos itens de proteção individual mais requisitados pelos profissionais da saúde. A distribuição nos pontos de serviço será coordenada por meio das Secretarias de Saúde e da Cruz Vermelha.

A produção, que ficará a cargo de voluntários, respeita as regras de distanciamento social e com protocolos de proteção e processos de constante higienização pessoal e desinfecção do ambiente de trabalho, informa a Ford.


Foto: Divulgação/Ford