OSmetal, Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, informa que os trabalhadores da ZF do Brasil participarão de assembleia virtual neste fim de semana para avaliação de acordo negociado com a empresa que envolve a suspensão do contrato de trabalho, com manutenção de salários e direitos.

Os metalúrgicos da fábrica de Sorocaba poderão votar entre as 13h deste sábado, 25, até às 13h de segunda-feira, 27,  no Portal SMetal. O presidente da entidade, Leandro Soares, que também é membro do Comitê Sindical da ZF Planta 2 (antiga Lemforder), informa as negociações foram necessárias para definir medidas de enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus conforme a realidade de cada fábrica categoria.

“Enquanto representante dos trabalhadores, o nosso papel é o de reduzir o impacto dessa crise mundial na vida do trabalhador, utilizando de todas as ferramentas possíveis para garantir a saúde, um salário digno e a manutenção do emprego”, afirma.

Ainda de acordo com SMetal, apenas trabalhadores da fábrica terão acesso à íntegra da proposta e à votação, com o preenchimento da data de nascimento e o número da matrícula na fábrica. O link será divulgado até a manhã do sábado, 25, e o resultado sairá logo após o encerramento da assembleia. A entidade não revelou detalhes do acordo negociado com a fabricante de autopeças, revelando apenas que os salários serão preservados.

Anúncio

“A ferramenta de votação online, que faz uso de conexão segura e criptografada, foi criada para garantir sigilo ao voto do trabalhador. Por isso, votem com consciência e responsabilidade”, finaliza Soares.

LEIA MAIS

Com apenas um turno, Volkswagen prevê retornar dia 18 de maio

Queima de caixa no setor é estimada em R$ 40 bilhões, diz Di Si

CNH retoma produção parcial em todas as fábricas

Grande parte do setor automotivo tem se utilizado da MP 936, editada este mês para garantir flexibilidade na área do trabalho e, com isso, tentar evitar demissões. As principais montadoras, dentre as quais General Motors, FCA, Toyota, Honda e Volkwagen, já assinaram acordos com seus respectivos sindicatos, garantindo flexibilização em períodos que variam de 30 a 90 dias


Foto: Divulgação/ZF