A Fiat apresentou nesta terça-feira, 9, a segunda edição “la Prima” do novo Fiat 500 elétrico, marcada pelo sofisticado teto solar panorâmico de vidro, que inunda a cabine com luz natural, melhorando o bem-estar a bordo e o conforto ao dirigir.

O modelo reforça a gama do novo compacto e dá continuidade ao sucesso da primeira edição numerada do conversível “la Prima” apresentada em março, em Milão, na Itália. Com linhas ainda mais suaves e arredondadas do que a geração anterior, o novo 500 “la Prima”, junto com o sistema de carregamento easyWallbox, custa 34,9 mil euros.

Na nova geração, a traseira dispõe do clássico bagageiro e um novo spoiler, agora ainda mais acentuado, aperfeiçoando a eficiência aerodinâmica. São três cores exclusivas inspiradas nos elementos da natureza: verde oceano (perolado), que lembra o mar, cinza mineral (metálico), remetendo à terra, e azul celeste, lembrando tons do céu.

Anúncio

LEIA MAIS

Novo 500, o primeiro carro elétrico da Fiat

Todos saem da fábrica com faróis de LED, rodas diamantadas de 17 polegadas, inserções cromadas nos painéis laterais e painel, além de banco com couro ecológico.

A autonomia e o tempo de carregamento são destaques no modelo. As baterias de íons de lítio, com capacidade de 42 kWh, oferecem um alcance de até 320 km no ciclo WLTP. Para otimizar o tempo de recarga, o novo 500 possibilita carregamento rápido de apenas 5 minutos para chegar em uma reserva de energia suficiente para percorrer 50 quilômetros, o que é considerado mais do que o necessário para o uso diário médio. Esse sistema também pode reabastecer a bateria em 80% em apenas 35 minutos.


Foto: Divulgação/Fiat