O Grupo BMW e a Mercedes-Benz anunciam que o acordo de cooperação com foco no desenvolvimento de tecnologias de assistência de direção em vista à condução automatizada está suspenso temporariamente. As empresas destacam que continuarão a seguir seus caminhos em projetos próprios já existentes e destacam retomar a parceria no futuro.

De acordo com as empresas, a decisão foi de comum acordo e amigável. Ambas enfatizam que permanece inalterado a abordagem das organizações a respeito de segurança e os benefícios proporcionados ao cliente em relação à direção automatizada. Cada uma delas contam seus próprios avanços na área já como realidade na oferta dos produtos das marcas.

Condições desfavoráveis

Em comunicado, as fabricantes informam que não conseguiram promover discussões conclusivas com especialistas ou mesmo conversas com fornecedores a fim de elaborar um plano de desenvolvimento das tecnologias e suporte suficiente para assinatura de um contrato.

Anúncio

Nas análises, as empresas também entenderam que as despesas envolvidas para a criação de uma plataforma compartilhada e das atuais condições econômicas adversas não se mostram favoráveis para a implementação de um acordo de cooperação bem-sucedido.

O congelamento da parceira para assistentes de direção, no entanto, não interrompe acordos entre as fabricantes já existentes, como a joint venture criada no ano passado para serviços de mobilidade urbana.

LEIA MAIS

→BMW e Daimler reúnem forças para direção autônoma

→BMW e Daimler: € 1 bilhão em serviços de mobilidade.


Foto: Divulgação