Sem revelar em quanto ampliará o volume de produção, a Hyundai informa que a partir desta sexta-feira, 26, os funcionários do 1º turno que estavam trabalhando desde 13 de maio voltam a ficar em casa e os colaboradores dos 2º e 3º turnos, que estavam em lay-off desde 27 de abril, retornam para a fábrica de Piracicaba, no interior paulista.

O funcionamento parcial da fábrica em diferentes moldes, após paralisação total por cerca de 2 meses decorrente das medidas de isolamento social impostas pela Covid-19, foi devidamente negociado com o sindicato dos metalúrgicos local e tem por base a medida provisório 936, que definiu normas de flexibilização trabalhista para tentar evitar demissões neste período de crise.

A Hyundai confirma que com a operação em dois turnos a produção será ampliada a partir desta sexta-feira, mas não revela números. Comenta, apenas, que a decisão faz faz parte de sua estratégia de retomada gradual de atividades e tem por objetivo adaptar o volume de oferta a uma demanda de mercado que ainda se encontra em fase de recuperação. A fábrica de Piracicaba, responsável pela produção do HB20, H20S e do SUV Creta, é a primeira do segmento de automóveis a adotar dois turnos neste período de pandemia.

LEIA MAIS

Hyundai estende lay-off e um turno de trabalho até 25 de junho

Vendas de veículos dobram em junho com relação a maio

Anúncio

Também estão retornando ao trabalho neste último dia útial da semana as equipes administrativas da fábrica de Piracicaba e os funcionários do escritório da capital paulista, que também estavam com suspensão de contrato de trabalho desde o dia 27 de abril.

Segundo a Hyundai, os funcionários do 1º turno que agora retornam para suas casas terão uma ajuda compensatória da empresa, com garantia do recebimento do salário líquido integral, mesma política adotada para os funcionários que completaram dois períodos de 30 dias de suspensão de contrato.

Destacando que a segurança, a saúde e o bem-estar de seus funcionários, das comunidades em que atua, de clientes e de parceiros são da mais alta prioridade, a fabricante de automóveis do interior paulista informa que continuará observando a recuperação da economia nacional e as orientações das autoridades para o combate à pandemia do novo coronavírus. “Qualquer alteração do cenário atual poderá implicar novas ações”, observa em nota.

A Hyundai retormou atividades no mês passado seguindo todas as determinações do governo do Estado de São Paulo e das autoridades de saúde para o combate à Covid-19. Os funcionários usam máscaras de tecido fornecidas pela empresa, tanto nos deslocamentos nos ônibus fretados como nas atividades diárias, além de respeitarem o correto distanciamento social. A temperatura corporal dos funcionários também vem sendo monitorada diariamente.


Foto: Divulgação/Hyundai