Com a volta das operações em três turnos na segunda-feira, 10, a Hyundai informa que voltou a operar no ritmo pré-pandemia, ou seja, está apta a atingir produção de 210 mil unidades em 12 meses a partir de agora. A montadora ressalva, no entanto, que qualquer alteração no cenário atual em relação à Comvid-19 pode implicar em novas medidas de redução das atividades nas linhas de montagem.

Além da fábrica de Piracicaba, SP, da Hyundai, apenas a planta da Volkswagen de Taubaté, também no interior paulista, está operando em três turnos. Em geral, as montadoras ainda não retomaram volume de produção pré-pandemia, seja por causa do mercado, seja pelas mudanças de lay-out em seus espaços físicos para manter o devido distanciamento social.

Já a Hyundai, que está conseguindo atingir os volumes diários de antes, anunciou nesta quarta-feira, 12, o lançamento de uma nova versão intermediária do seu SUV compacto, o Creta. É a opção Smart Plus, equipada com motor 1.6 de 130 cv e câmbio automático de seis marchas com preço sugerido de R$ 91.590.

A fabricante destaca que o consumidor pode adquirí-la tanto em uma concessionária da marca com também fechar a compra sem sair de casa pelo Hyundai Express, a partir desta semana. Na linha 2021, a nova versão Smart Plus substitui as opções Smart e Pulse Plus, que deixam de ser comercializadas.

“Estamos atualizando as versões da linha Creta, tornando toda a gama ainda mais atrativa neste segmento altamente competitivo que é o dos SUVs compactos”, comenta Angel Martinez, vice-presidente comercial da Hyundai Motor Brasil. “A disputa pela preferência do consumidor é ainda mais acirrada na faixa de preço abaixo dos R$ 100 mil. Este ano, já lançamos o Creta Action abaixo dos R$ 80 mil e, recentemente, o Creta Limited por R$ 99.990. Faltava uma nova versão intermediária com uma lista de equipamentos bastante completa”.

Anúncio

LEIA MAIS

Hyundai retoma operação em três turnos

Hyundai cria a Ioniq, marca exclusiva para elétricos

A nova versão vem com rodas diamantadas de liga leve de 17 polegadas, faróis de neblina, luzes de condução diurna (DRL) em LED, volante revestido em couro, ar-condicionado automático e digital, central multimídia BlueMedia com 7 polegadas com Android Auto, Apple CarPlay e TV Digital, câmera de ré com linhas adaptativas, monitoramento de pressão dos pneus (TPMS) e exclusivos bancos revestidos parcialmente em couro, dentre outros itens de série.

A versão topo de linha do SUV da Hyundai, a Prestige, passa a ser comercializada como linha 2021 com preço sugerido de R$ 108.990. O modelo vai oferecer a Hyundai Key Band, chave presencial em forma de pulseira que desempenha as principais funções da smart key convencional, como item opcional por R$ 999,52.


Foto: Divulgação/Hyundai