Com valor de mercado consolidado de R$ 48 bilhões e receita em 12 meses de R$ 14,3 bilhões, surge uma nova locadora de veículos no País, fruto da união da Localiza e Unidas, anunciada nesta quarta-feira, 23.

Segundo comunicado das duas empresas, o objetivo é criar uma companhia referência mundial em mobilidade, protagonista no desenvolvimento e oferta de soluções inovadoras no segmento, com atuação em oferta de aluguel de veículos, gestão de frotas corporativas e de carros por assinatura.

A fusão das duas maiores locadoras do País – a Localiza é líder e a Unidas a segunda colocada – ainda terá de ser aprovada pelo Cade, Conselho Administrativo de Defesa Econômica, e pelos acionistas das duas empresas. Se concretizada, a transação ocorrerá por meio de incorporação de ações, com a estrutura composta pelos acionistas das duas companhias.

“Com tecnologia de ponta, a soma dos melhores talentos, a forte reputação das marcas e a experiência de anos de mercado, esperamos nos tornar referência global em mobilidade e contribuir para a transformação desse mercado cada vez mais competitivo”, comentou Eugênio Mattar, CEO da Localiza, após o anúncio da fusão.

LEIA MAIS

Montadoras estão com falta de carros para atender locadoras

Locadoras batem recorde de receita e de usuários

Unidas tem novo comando em seminovos

Anúncio

Dentre os principais benefícios da união, Mattar cita os investimentos em inovação tecnológica, o desenvolvimento de plataformas e a diversificação do portfólio e soluções: “Estaremos fortalecidos para alavancar múltiplas avenidas de crescimento em um setor altamente dinâmico, garantindo a melhor jornada aos nossos clientes e assumindo o protagonismo ao promover inovações, como o carro por assinatura”.

A frota consolidade da nova empresa será de 468 mil veículos, com presença em 404 cidades e também em países da América do Sul, como Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Uruguai.

Luís Fernando Porto, CEO da Unidas, também fala das importância da fusão para fortalecer a presença, de forma conjunta, em um mercado altamente competitivo, com mais de 10 mil locadoras no País: “A união das duas companhias contribuirá para a criação de uma operação mais robusta, garantindo assim mais acesso à mobilidade e acompanhando a evolução e os desafios do segmento”.

Na avaliação do executivo, com a empresa combinada será possível ampliar a oferta de novas soluções, “potencializadas por ganhos em capacidade tecnológica e de inovação, o que garantirá a melhor experiência a partir do uso eficiente e inteligente da frota”.

Em relação à governança, tanto Unidas quanto Localiza têm suas ações negociadas no Novo Mercado, o mais alto nível de governança corporativa da B3, destinado exclusivamente às companhias que voluntariamente adotam as melhores práticas nesse sentido.


Fotos: Divulgação/Localiza