Com a finalidade de ampliar espaço para abrigar maior volume de motos na linha final de sua fábrica de Manaus, AM, o Grupo BMW investiu no aprimoramento logístico do estoque e da movimentação de peças internamente.

Segundo a fabricante, o modelo 100% vertical foi substituido por outro que visa melhor aproveitamento de espaços no solo, com ganhos de produtividade em todo o processo de produção.

“Ao final da implementação, a mudança trará ainda mais eficiência para toda a cadeia, principalmente no que se refere a espaço físico dentro da planta, possibilitando, de forma inédita, o armazenamento de mais de 200 motocicletas finalizadas”, comenta Denver Cardoso, gerente de produção e logística da BMW Motorred.

Inaugurada em 2016, a fábrica do Polo Industrial de Manaus conta atualmente com 175 colaboradores e mais de 50 fornecedores locais. Lá são fabricados os modelos G 310 GS, G 310 R, S 1000 R, S 1000 XR, S 1000 RR, S 1000 RR pacote M, R 1250 GS, R 1250 GS ADV, F 750 GS, F 850 GS e F 850 GS ADV, responsáveis por 98% das vendas da marca no Brasil.

Anúncio

“Melhoria contínua é parte do nosso DNA, da nossa cultura e estamos sempre visando o aperfeiçoamento de processos e o bem-estar das pessoas”, destaca Jefferson Dias, diretor geral da fábrica de motocicletas do Grupo BMW em Manaus.

LEIA MAIS

BMW S 1000 RR pacote M chega em setembro

Produção de motos será de 937 mil unidades em 2020, 15% menor

O mercado de motos deve cair 16% este ano por causa das paralisações no primeiro semestre provocadas pela pandemia da Covid-19, mas as vendas reagiram bem neste segundo semestre e até faltam alguns modelos no varejo. A Abraciclo está prevendo queda de 15% na produção do setor, índice inferior ao projetado para o mercado de automóveis, cujo recuo deve ficar em 30%.


Foto: Divulgação/BMW Motorred