A Audi anunciou nesta terça-feira, 4, em Ingolstad, Alemanha, um novo ciclo de investimentos globais. A montadora estima investir € 40 bilhões  nos próximos cinco anos, com destaque para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Algo como 35% do total, cerca de € 14 bilhões, serão destinados áreas em eletrificação, digitalização e condução autônoma. Esse aporte, afirma a empresa, incluem pesquisa e desenvolvimento de produtos, fábricas e equipamentos.

“Estamos utilizando uma abordagem extremamente sistemática para mobilidade elétrica”, afirmou Bram Schot, presidente interino do Conselho de Administração da Audi AG, que antecipou que a marca, que acaba de lançar o e-tron GT, terá uma leva de novidades com essa tecnologia.

Até 2025, afirma Schot, o portfólio de automóveis contará com vinte modelos elétrificados, metade deles totalmente elétricos. O primeiro é SUV e-tron.

Anúncio

Os investimentos aprovados resultarão também em aumento das sinergias entre as marcas do grupo. Exemplo é o desenvolvimento, em conjunto com Porsche, da plataforma de eletrificação premium, conhecida como PPE – Premium Architecture Electrification, destinada a carros elétricos grandes, e da MEB – Modular Electric Drive Kit, outra plataforma elétrica, com a Volkswagen.

LEIA MAIS

→Elétrico Audi e-tron custará € 79,9 mil

→Audi renovará quase toda a linha em 2019

→Hyundai e Audi juntas por células de combustível