Os primeiros carros totalmente conectados da FCA, Fiat Chrysler Automóveis, chegarão ao mercado brasileiro no primeiro trimestre de 2021. A montadora, que não revelou quais dos veículos da Fiat, Jeep e Ram serão os pioneiros, oferecerá nível de conectividade embarcada ainda inédito em veículos no mercado nacional.

Para colocar seus “smart cars” nas ruas brasileiras, a montadora estabeleceu parceria com a TIM Brasil. “No futuro, todos os nossos veículos serão conectados. E muito rapidamente”, antecipa André Souza Ferreira, Chief Information Officer da FCA para a América Latina.

Os automóveis e comerciais leves das três marcas do grupo, explica o executivo, sairão da fábrica com eSIM, chip virtual para acesso a Wi-Fi nativo a bordo e cobertura 4G da TIM. Bastará ao proprietário ativá-lo. FCA e TIM, porém, ainda não revelaram a forma como cobrarão o serviço dos usuários nem os valores.

A conectividade prevista permitirá, por exemplo, até por comando de voz, pagar uma conta, fazer transferências bancárias, comprar algum serviço ou produto de empresas parceiras que se incorporarão à plataforma — já são conhecidas a Visa e o Mcdonald’s — ou dispor de comodidades como, à distância, dar a partida no veículo ou ligar o ar-condicionado.

Anúncio

Consumidor e veículo estarão conectados também com a própria rede de concessionárias das marcas. Sensores conectados identificarão eventuais falhas e informarão fábrica e revendas, o que facilitará e agilizará diagnósticos e reparos.

LEIA MAIS

→ FCA compartilhará pesquisas no IPT Open Experience

Jeep retoma vendas mensais de 2019, seu melhor ano, e ganha participação

“O carro conectado criará uma experiência digitalizada e personalizada do usuário, que terá acesso a serviços e tecnologias integradas, fáceis de usar e seguras, mudando a forma como o veículo é utilizado e como os ocupantes se relacionam com tudo o que está ao redor”, enfatiza Ferreira.

ComO já acontece com os smaRtphones, a atualização de softwares e aplicativos se dará automaticamente pela nuvem e a integração com assistentes pessoais. A tecnologia embarca nos veículos da FCA já será adequada também para a cobertura 5G.


Foto: Divulgação