Balanço financeiro de 2020 apresentado pelo Grupo Daimler aos acionistas na quinta-feira, 18, registra faturamento de € 154,3 bilhões, valor 10,6% menor em relação à receita do ano anterior, quando alcançou € 172,7 bilhões. O desempenho é resultado da contração de 15% nas entregas de veículos no período, para 2,84 milhões de unidades ante 3,34 milhões em 2019.

Segundo o comunicado, os esforços para reduzir custos e preservar o caixa promoveram aumento de 53% no EBIT do Grupo, para € 6,6 bilhões contra € 4,3 bilhões registrados no exercício anterior.

“O ano de 2020 foi um teste de estresse para quase todas as empresas em quase todos os setores”, disse em nota Ola Källenius, presidente do Conselho de Administração da Daimler e Mercedes-Benz. “Nossos resultados financeiros estão significativamente acima das expectativas do mercado, refletindo um progresso substancial na eficiência de custos. Além disso, alcançamos uma melhora significativa na margem com base em um forte mix de produtos e preços, especialmente no segundo semestre do ano.”

Apesar da redução nas vendas, a companhia obteve lucro líquido de € 4 bilhões, quantia 48% superior ao apurado em 2019, de € 2,7 bilhões. Aos acionistas cabem € 3,6 bilhões, o que gerou aumento no lucro por ação para € 3,39 ante € 2,22 no encerramento do ano anterior. No fim de março, na Assembleia Geral Anual, o Conselho de Administração irá propor dividendo de € 1,35 por ação, totalizando pagamento de € 1,4 bilhão ante € 1 bilhão pagos em 2019.

Anúncio

A corporação registrou ainda redução nos investimentos de ativos imobilizados de 20%, para € 5,7 bilhões, e em P&D de 11%, para € 8,7 bilhões, enquanto em 2019 a cifra chegou a € 9,7 bilhões. O fluxo de caixa livre totalizou € 8,3 bilhões ante € 1,4 bilhão anotado em 2019.

Com o aumento da disponibilidade de vacinas contra a covid-19, a Daimler aposta em resultados ainda melhores em 2021, com aumento nas vendas, receitas e EBIT. A empresa aponta o desabastecimento de semicondutores com um ponto de atenção capaz de provocar perdas nos volumes de produção, mas que possam ser compensadas até o fim de 2021.

O ano também será para preparar a cisão da Daimler Truck. O Grupo pretende tornar a divisão totalmente independente e listada na bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha. Os detalhes serão apresentados aos acionistas em assembleia extraordinária no terceiro trimestre de 2021.

LEIA MAIS

→Daimler vai se dividir em duas até o fim do ano


Foto: Grupo Daimler/Divulgação