“Este é um momento histórico para a Daimler. Representa o início de uma profunda reformulação da empresa”. Assim Ola Källenius, presidente do Conselho de Administração da Daimler e da Mercedes-Benz  definiu, via comunicado, a decisão do grupo de tornar a  divisão de caminhões e ônibus uma nova empresa independente.

A futura Daimler Truck, ainda que com participação acionária dos atuais proprietários dos papéis da atual Daimler, deve ser constituída até o encerramento de 2021, quando passará a ser cotada também na Bolsa de Valores de Frankfurt e a operação de automóveis e comerciais leves, hoje conhecida como Mercedes-Benz Cars & Vans, terá apenas seu histórico nome Mercedes-Benz.

“A Mercedes-Benz Cars & Vans e a Daimler Trucks & Buses são empresas diferentes com grupos de clientes próprios, além de caminhos de tecnologia e necessidades de capital específicos. A Mercedes-Benz é a marca de carros de luxo mais valiosa do mundo. A Daimler Truck fornece soluções e serviços de transporte líderes da indústria. São empresas que atuam em setores que estão passando por grandes mudanças tecnológicas e estruturais e acreditamos que elas serão capazes de operar de forma mais eficaz como entidades independentes”,  continuou Källenius na nota divulgada nesta quarta-feira, 3.

Daimler Truck e Linde juntas para abastecimento de hidrogênio líquido

Daimler Trucks e Waymo firmam parceria para caminhão autônomo

A Daimler Truck terá uma gestão totalmente independente, governança corporativa autônoma, incluindo um presidente independente do Conselho de Supervisão. Emo, a Daimler Truck produziu perto de 500 mil mil veículos e faturou € 40,2 bilhões com caminhões e € 4,7 bilhões com ônibus.

LEIA MAIS

→ Karin Rådström assume a direção global da Mercedes-Benz Trucks

Anúncio

Mercedes-Benz fecha fábrica de automóveis de Iracemápolis

A empresa independente contará com perto de 100 mil funcionários e operações em todos os continentes responsáveis por produção e vendas de caminhões e ônibus das marcas  Mercedes-Benz,  Freightliner, Thomas Built Buses, Western Star, Fuso, Setra, e BharatBenz.

Nova empresa pretende investir também em caminhões elétricos e direção autônoma

No Brasil, a Daimler produz caminhões e ônibus Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo, SP, e é líder nos dois segmentos, com  participações de 33,7% e 56,8%, respectivamente. Em 2019, negociou 40,4 mil veículos, sendo 30 mil caminhões. Já a produção de carro foi encerrada oficalmente em dezembro.

“Com a independência, vêm maiores oportunidades. Vamos crescer ainda mais e continuar nossa liderança em sistemas de transmissão e automação alternativos. Já definimos o futuro do nosso negócio com caminhões elétricos a bateria, células a combustível e direção autônoma”, afirmou Martin Daum, membro do Conselho de Administração da Daimler e Presidente do Conselho de Administração da Daimler Truck.


Foto: Divulgação