Com capacidade para 720 kg de carga, o furgão 100% elétrico eT3 , da Byd, chega em nova versão no mercado brasileiro. Incorporando novo pack de baterias, o modelo teve peso reduzido de 1.870 kg para 1.700 e sua autonomia agora é de 300 km, com possibilidade de 180 km adicionais a partir da recarga rápida de 20% a 80% da bateria em apenas 30 minutos.

De acordo com material divulgado pela fabricante de veículos elétricos nesta quarta-feira, 24, outras novidades da nova versão são a limitação da velocidade para até 100km/hora, “que gera mais segurança e maior autonomia”. O preço de lançamento foi fixado em R$ 229.000.

Henrique Antunes, diretor de vendas da empresa, diz que um fator que tem chamado a atenção das empresas é o custo operacional dos produtos da marca. “Como o preço da energia elétrica não tem variação em grande escala, como ocorre com os combustíveis em geral, é mais fácil programar os gastos de um modelo como o eT3”.

LEIA MAIS

BYD fornecerá 1 mil ônibus elétricos para Bogotá

Toyota detém 68,7% do mercado de carros eletrificados

Anúncio

Após incêndios, Hyundai trocará baterias de 82 mil veículos elétricos

Dentre outras características do novo furgão, a fabricante destaca o carregamento de bateria em até duas horas, fechadura eletrônica com sensor de presença, transmissão automática, farol de neblina, duas portas deslizantes, freio de rampa automático, sensor de estacionamento, porta com abertura para cima, regulagem de nível dos faróis e sistema regenerativo: a cada desaceleração ocorre um mini abastecimento da bateria.

O modelo tem também bancos de couro com apoio de braço, ar-condicionado automático digital com sensor de temperatura externa e airbag duplo. Segundo Antunes, a Byd pretende triplicar sua frota local de elétricos de 50 para 150 unidades ainda este ano.

No País desde 2015, quando abriu sua primeira fábrica para produção de chassis de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, SP, a montadora inaugurou sua segunda planta brasileira em 2017, para produção de módulos fotovoltaicos, e no ano passado iniciou a fabricação de baterias em Manaus, AM.


Foto: Divulgação/Byd