Dirigentes da Volkswagen do Brasil e autoridades do Governo do Paraná participaram nesta quarta-feira,24, da inauguração do Centro de Hematologia e Transplante de Medula Óssea (CHTMO) do Hospital Erasto Gaertner, na capital paranaense. A montadora, que tem fábrica em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, investiu mais de R$ 5,5 milhões nesse projeto ao longo de 2020.

“É com grande satisfação que, representando todos os empregados da Volkswagen do Brasil, participo desse evento”, comentou Ciro Possobom, vice-presidente de Finanças e TI da montadora no Brasil e Região América do Sul na cerimônia de inauguração. “Temos um longo histórico de investimentos na saúde do Estado. Desde 2009 já aplicamos R$ 12 milhões em ações que beneficiaram toda a comunidade paranaense”.

Também estiveram presentes na cerimônia o chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Saúde, César Neves, representando o governador do Paraná, e Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner.

Anúncio

O investimento no CHTMO é fruto das contrapartidas do Protocolo de Intenções firmado entre a Volkswagen do Brasil e o governo do Estado do Paraná em 2013, dentro do programa Paraná Competitivo, que possibilitou investimentos de R$ 2 bilhões destinados ao desenvolvimento e produção do SUV T-Cross na fábrica de São José dos Pinhais.

“Ela é uma de nossas principais fábricas da região América Latina, que produz o T-Cross, modelo líder em 2020 na categoria SUV no Brasil e Argentina. Além de gerar empregos e contribuir com o desenvolvimento econômico do Estado, a Volkswagen reforça constantemente seu compromisso social com os paranaenses”, comentou Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.


Foto: Divulgação/Paraná