A família de picapes Ranger ganhou mais uma integrante com o lançamento da versão Black, o primeiro produto da marca desde decidiu encerrar operações produtivas no País e atuar somente como importadora. A opção, produzida, na Argentina, desembarca por aqui atrás de persuadir o consumidor que se desloca essencialmente na cidade, que não precisa de tração 4×4, mas não renuncia ao motor diesel.

A configuração do conjunto mecânico coloca a Ranger Black como única no segmento. O preço inicial da versão é de R$ 179.990,00, faixa de preço onde também atuam picapes de com motor flex.

“A Ranger Black foi criada para atender um consumidor que não tinha opção similar no segmento”, conta em nota Antônio Freitas, gerente de Marketing de Picapes da Ford. “É uma picape de uso urbano com design robusto e sofisticado, motor diesel e tração 4×2, que oferece excelente dirigibilidade e tecnologia com propósito para ampliar o sucesso da Ranger.”

Como o sobrenome sugere, o preto predomina no acabamento de picape, no qual contrasta peças em tons foscos, como molduras, estribos, maçanetas, santantônio e grades, com a pintura da carroceria brilhante. Por dentro, traz revestimento de couro nos bancos e a conveniência de ar-condicionado de dupla zona.

Dentre itens de segurança e conforto entrega sete airbags, piloto automático, controles de tração e estabilidade, ajuste adaptativo de carga, sistema anticapotamento, dispositivo de controle de reboque e assistente de partida em rampa.

Anúncio

A central multimídia é a SYNC 3. Reúne tela sensível ao toque de 8 polegadas e acesso por comando de voz. Com modem embarcado, o chamado FordPassTM Connect permite ao motorista, pelo celular, travar ou destravar a picape, dar partida remota com climatização da cabine, visualizar hodômetro, obter informações de autonomia, localizar o veículo, receber alertas de alarme e de funcionamento, além de poder agendar serviços na rede de concessionárias.

Para as 100 primeiras unidades vendidas, a Ford entregará a Ranger Black equipada com um kit de acessórios sem custo, composto pelo protetor de caçamba, coberta rígida de acionamento elétrico do compartimento de carga e rede porta-objetos. De acordo com a marca, o pacote soma em torno de R$ 10 mil.

A Ranger Black tem motor diesel Duratorq 2.2 que desenvolve 160 cv torque de 32,9 kgmf a 1.600 rpm associado a câmbio automático de seis marchas. A traça é traseira e conta com bloqueio de diferencial eletrônico.

LEIA MAIS

→Ford Bronco será lançado em maio


Fotos: Ford/Divulgação