Apesar dos volumes relativamente baixos de produção e venda, a Jaguar Land Rover segue firme em seu projeto de manter operações fabris no Brasil e anuncia a retomada da produção do Range Rover Evoque na fábrica de Itatiaia, RJ, a partir do último trimestre deste ano.

Outras marcas de luxo desistiram de produzir no Brasil, caso da Mercedes-Benz e provavelmente da Audi, que ainda não cravou decisão mas já ameaçou nesse sentido. A JLR, por outro lado, mantém a linha de montagem do Discovery Sport no Rio de Janeiro e agora decidiu retomar a fabricação do SUV premium Evoque, que já foi feito aqui e atualmente é importado da Inglaterra. Com a nacionalização, o modelo passará a oferecer duas versões com motor flex turbo.

Sem revelar números, a fabricante informa que houve novas contratações em Itatiaia por conta desse e de outros projetos, com o efetivo atual superando 400 funcionários.

“Esse será mais um grande passo da Jaguar Land Rover para se firmar ainda mais no Brasil”, garante Frédéric Drouin, presidente da companhia para a América Latina e Caribe. “O Evoque é um dos nossos modelos mais vendidos no País e sua essência representa, mais do que nunca, o que a marca quer traduzir ao seu público e o que queremos buscar com a nova estratégia global: uma visão de luxo moderno através do design, da qualidade e da eficiência”.

De acordo com o executivo, a planta de Itatiaia passou por um robusto processo de modernização e se destaca entre as melhores do mundo no índice de qualidade, estando, assim, preparada para trabalhar com o alto nível de requinte e acabamento do Evoque, que dividirá espaço na linha de produção com o Discovery Sport.

Anúncio

Segundo dados da Fenabrave, esse único modelo nacional da JLR emplacou 1.645 unidades no ano passado, ou seja, a empresa produziu uma média de 140 veículos por mês. A marca Land Rover totalizou venda de 4.620 unidades em 2020, ficando em 20º lugar no ranking das mais vendidas no País, atrás da Kia, que vendeu 5.981 modelos importados.

Este ano, no acumulado do quadrimestre, a Land Rover ocupa a 19ª posição, com 1.885 emplacamentos, à frente da marca coreana, que comercializou 1.333 unidades, e também da Porsche, com 1.129 licenciamentos.

LEIA MAIS

Jaguar Land Rover investe em clínica para restaurar clássicos

Sem produção local, Ford e Mercedes-Benz desabam no bimestre

Jaguar Land Rover investe em clínica para restaurar clássicos

Com relação ao Evoque, a JLR informa que o modelo será montado com a mesma plataforma apresentada na versão importada, que introduziu novos itens de tecnologia e conforto ao veículo, que tem novo volante revestido em e novos botões de interação com o painel de instrumentos digital e controle de cruzeiro. Logo atrás da direção, novas aletas de troca de marcha, agora em alumínio.

O SUV premium traz ainda novo sistema de infoentretenimento, o PIVI PRO, e nova câmera 360º, além da função Capô Transparente (ClearSight Ground View), um sistema que permitem ao motorista visualizar o terreno à sua frente, logo abaixo do capô, e do Sensor de Profundidade (Wade Sensing), que monitora a profundidade da água em travessia de rios e pequenos alagamentos.

Dentre outros modelos importados pela marca, qwue conta com uma rede de 39 concessionários no País, tem o Range Rover Velar e o Range Rover Sport. A empresa informa ser lidér no sesgmento de SUVs grandes, com 36,3% de participação de mercado no primeiro quadrimestre deste ano.


Fotos: Divulgação/Jaguar Land Rover