Após dois anos de obras e investimentos da ordem de R$ 40 milhões, a Randon inaugurou nesta quinta-feira, 16, as novas instalações da fábrica de implementos de Araraquara, no interior paulista, que passa a contar com 42 mil m² de área construída ante os anteriores 29 mil m².

A empresa aproveitou a ocasião para assentar pedra fundamental de um ramal ferroviário próprio, que visa conectar a unidade à linha já existente na região e favorecer o escoamento de sua produção. A expansão propiciou a criação de 170 postos e mais 90 serão gerados até o final do ano, totalizando um quadro de 650 colaboradores, conforme revelou o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon.

A inauguração ocorreu em formato phygital, presencial e online, com a participação das principais lideranças da companhia e também de autoridades locais e estaduais. O vice-presidente executivo e COO do grupo que tem sede em Caxias do Sul, RS, Sérgio Carvalho, falou dos excelentes resultados das Empresas Randon no Brasil e no mundo, lembrando que a unidade de Araraquara, inaugurada em 2018, já totalizou aporte de R$ 160 milhões.

“Esse movimento de expansão da fábrica e de construção de um ramal ferroviário próprio prepara a companhia para alcançar objetivos ainda maiores, promovendo aumento da eficiência logística na entrega de produtos, ampliando os níveis de competitividade em nossa atuação no Brasil e reforçando a busca por um crescimento sustentável”, destacou o executivo.

O projeto do interior paulista é um dos mais importantes do grupo nos últimos anos. Estrategicamente localizada em um dos principais polos logísticos do País, a unidade produz algumas linhas de semirreboques rodoviários, como Basculante, Sider e Canavieiro, além de vagões para o transporte ferroviário.

Anúncio

LEIA MAIS

Randon tem desempenho recorde pelo quarto trimestre consecutivo

Randon firma parceria para montar semirreboques no Quênia

“A ampliação consolida nosso plano de investimentos, que mira o aumento de capacidade, a presença em regiões estratégicas do Brasil e o contínuo foco em inovação”, reforçou diretor geral da Randon Implementos, Sandro Trentin.

Com relação ao ramal ferroviário próprio, Sérgio Carvalho destacou ser investimento custeado com recursos da companhia: “Com ele, será possível uma maior eficiência logística, com o deslocamento dos vagões produzidos pela unidade diretamente na linha regular de transporte, reduzindo custos para os clientes e agilizando a entrega”, revelou o vice-presidente, garantindo que essa é apenas a primeira de uma série de novas obras e investimentos planejados para Araraquara.

“Enxergamos para os próximos anos, um potencial significativo de ampliação da planta industrial. O ramal, ao todo, terá 1,5 quilômetro de extensão e servirá também como um buffer para armazenamento dos vagões produzidos, antes da rodagem deles na linha férrea”, concluiu.


Foto: Divulgação/Randon/Márcio Campos