Profissionais da Mercedes-Benz, em conjunto com empresas como a Bosch, Toyota, General Motors, Flex, ABB e Caoa Chery, reforçam suas ações no combate à pandemia da covid-19 em auxílio na produção de respiradores. A contribuição chega em forma de consultoria, desenvolvimento de linha e montagem na KTK, fabricantes de equipamentos hospitalares.

Somente da Mercedes-Benz, um time de 50 voluntários promove apoio na montagem final e na cadeia de fornecedores. “O trabalho em conjunto tem o objetivo de elevar a capacidade de produção da KTK para atender ao aumento da demanda por respiradores mecânicos”, conta Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Alcançamos um ganho expressivo de produtividade, saltando para 70 unidades produzidas por dia.”

A Mercedes-Benz ainda aplica esforços em outras frentes, como o trabalho de recuperação de respiradores em parceria com o Senai; desenvolvimento de respiradores com peças da indústria automotiva com o Instituto Mauá de Tecnologia, início da produção em São Bernardo do Campo (SP) aguarda apenas aprovação da Anvisa; além de doação máscaras, produtos de higiene e itens médicos.

Anúncio

LEIA MAIS

Mercedes-Benz ergue ambulatório de campanha em SBC

Mercedes-Benz acerta acordo e retoma produção no início de maio

Mercedes-Benz reduz em 50% parcelas de consórcio


Foto: Mercedes-Benz/Divulgação