A Scania e a fabricante sueca de papel e celulose SCA anunciam parceria para o desenvolvimento do primeiro caminhão elétrico para o transporte de madeira. As empresas têm como objetivo conceber um veículo para longas distâncias, bem como produtivo, com capacidade para 80 toneladas de peso bruto total.

O caminhão estará em operação no transporte de madeira na região de Västerbotten, entre o terminal da SCA, em Gimonäs, e sua fábrica de papel em Obbola, a partir de 2022.

Para a SCA, considerada a maior proprietária florestal da Europa, o transporte eletrificado é parte importante em suas metas de reduzir o impacto ambiental de suas atividades. Anualmente, a empresa transporta ao redor de 8,5 milhões de m³ de madeira para as indústrias com o uso de 265 caminhões e colaboração com 87 empreiteiros de transporte.

“A cooperação com a Scania é uma forma importante de encontrarmos soluções inovadoras para um transporte sustentável. Ao operar apenas um caminhão elétrico entre Gimonäs e Obbola, podemos reduzir nossas emissões de carbono em cerca de 55 mil kg por ano”, calcula Hans Djurberg, chefe de Sustentabilidade da SCA.

Anúncio

“A chave para chegar a emissões zero no transporte é a eletrificação. Chegaremos lá junto com clientes e outras partes interessadas que compartilham nossos valores”, completa Fredrik Allard, chefe de E-Mobilidade da Scania. “Um caminhão elétrico para madeira é simbólico, pois o transporte de madeira tem sido citado como algo que talvez nunca seja possível eletrificar. Mas os desenvolvimentos dos últimos anos mostram a rapidez com que as coisas estão progredindo tanto no que diz respeito aos veículos quanto às baterias.”

LEIA MAIS

→Scania aprimora trem de força dos caminhões da Nova Geração


Foto: Dan Boman/Scania-Divulgação