Por Redação

Durante a Apta Expo, feira de negócios focada no transporte público, realizada de 9 a 11 de outubro em Atlanta, Estados Unidos, a Cummins e a Gillig, fabricante americana de ônibus, anunciaram parceira para o desenvolvimento e fabricação de ônibus 100% elétrico.

De acordo com as empresas, os esforços iniciais para a nova bateria fornecida pela Cummins para o futuro modelo eletrificado da Gillis têm foco na operação em torno de 320 km com uma única carga. O ônibus será equipado com tração dianteira com torque de 3.500 Nm e utilizará sistema de frenagem regenerativo. Inicialmente o modelo trará carregador plug-in.

O acordo foi anunciado por Derek Maunus, presidente da Gillig, e Amy Boerger, vice-presidente de vendas da Cummins para América do Norte, durante o evento no estande da fabricante de motores. “A Gillig tem uma relação comercial já consolidada com a Cummins e agora, com esta nova parceria, vamos compartilhar nossas respectivas metas em tecnologias e desenvolver, com a vantagem de uma visão conjunta, a mais avançada tecnologia em eletrificação do mercado de ônibus para nossos clientes”, disse Maunus.

Anúncio

“O powertrain eletrificado da Cummins representa um grande avanço para a indústria. Estamos muito satisfeitos pelo fato de a Gillig ter o primeiro acesso a esta importante tecnologia de emissões zero”, reforça Boerger. “A parceria possibilita uma estreita colaboração técnica para que possamos acelerar a integração dos sistemas e o trabalho de otimização de desempenho para avançar em relação a outros setores”.

A Cummins atualmente fornece motores para amplo portfólio de ônibus da Gillis, como nas séries Low Floor, BRT, BRTPlus, Comutador e Trolley, com tecnólogas de Diesel limpo, gás natural e energia Diesel-híbrida. A adição de sistemas de energia eletrificada da Cummins à linha de ônibus se alinhará com os clientes que buscam introduzir ônibus de zero emissões em suas frotas.


Foto: Cummins/Divulgação