Por Redação

A MAN Latin America enviou para fora do País 838 caminhões e ônibus em janeiro, volume 159% acima do registrado no mesmo mês do ano passado, de 323 unidades. Pelas contas da empresa, as remessas de janeiro representaram um recorde histórico.

As exportações tiveram como principais destinos a Argentina, o México e o Chile, com destaque para o caminhão VW Constellaton 17.280 e o chassi Volksbus 15.190 OD.

Nos embarques, no entanto, também já constam unidades do recente lançamento da nova família Delivery, com o 9.170, que já foi apresentado no México e fará sua estreia na Argentina e no Chile em março.

Para a companhia, os negócios de janeiro apresentam continuidade de resultados positivos. No ano passado, com o embarque de 8.479 veículos para os mercados internacionais – o maior volume dos últimos cinco anos – a empresa contabilizou crescimento de 31% sobre as remessas de 2016, quando foram exportadas pouco mais de 6.500 unidades.

Leia mais

Anúncio

→MAN projeta crescimento de 20% na produção em 2018

→MAN aumenta ações no exterior

No desempenho de 2017, a Argentina teve papel preponderante com embarques de 3.882 unidades, o maior lote de todos os tempos da empresa, o que representou expansão de 57,5% sobre as 2.464 unidades exportadas nos dozes meses anteriores.

As estimativas são positivas também para 2018, quando a empresa fará lançamentos da nova linha Delivery em países da América Latina.

“Com o início das vendas da nova família Delivery na região, ofereceremos a nossos clientes e importadores um portfólio ainda mais completo”, observa Marcos Forgioni, vice-presidente de vendas e marketing para mercados internacionais da montadora.


Foto: MAN Latin America/Divulgação