A informação é da Investe São Paulo, a agência de promoção de investimentos ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo: a Precision Camshafts Limited (PCL), empresa indiana de componentes, escolheu a cidade de Santa Gertrudes, a cerca de 180 km da capital paulista, para erguer sua primeira fábrica nas Américas.

Segundo a agência paulista, a planta consumirá cerca de US$ 30 milhões e contará com 250 funcionários até seu terceiro ano de operação. Num primeiro momento, antes do encerramento de 2018, quando as primeiras peças começarão a sair da linha de produção, serão contratadas 70 pessoas.

A PCL é conhecida sobretudo por seus eixos de comando de válvula, produzidos na própria Índia e na China e que também será seu primeiro produto brasileiro. A depender da evolução do mercado sul-americano, assegura a Investe São Paulo, a fornecedora estudará outras linhas de produtos.

Com sede em Solapur, Maharashtra, a PCL foi criada em 1992. Hoje tem duas fábricas na China, além de outras oito na própria Índia. A unidade brasileira, assim, será apenas a décima-primeira.

Anúncio

A agência paulista informa que a decisão de vir para o Brasil integra plano de expansão mundial da empresa e atende também solicitação de “uma das grandes montadoras de automóveis que opera no Estado de São Paulo”,
que pretenderia lançar nova linha de motores. A empresa indiana também teria a pretensão de fazer da futura unidade paulista base exportadora de componentes para fabricantes de motores da América Latina, principalmente no México.

No site mundial da PCL estão relacionadas dentre as principais clientes Mercedes-Benz, Hyundai, Toyota, além de GM, BMW e Ford. Curiosamente, as duas primeiras têm fábricas em cidades quase vizinhas aSanta Gertrudes: Mercedes-Benz em Iracemápolis,  e Hyundai, em Piracicaba.