A FCA, Fiat Chrysler Automóveis Brasil, anunciou nesta sexta-feira, 15, um recall do Jeep Compass Flex, anos/modelo 2016, 2017, 2018 e 2019, envolvendo a substituição do sensor de pressão de combustível do veículo, bem como a atualização do software da unidade de controle do motor. A convocação abrange 88.803 unidades.

De acordo com comunicado da FCA, “foi identificada a possibilidade de funcionamento irregular do motor e, em casos extremos, o seu desligamento inesperado, comprometendo as condições de dirigibilidade do veículo e aumentando os riscos de colisão, com eventuais danos físicos e materiais ao motorista, aos passageiros e a terceiros”.

Os proprietários estão sendo convocados a agendar a partir de segunda-feira, 18, o comparecimento em uma das concessionárias Jeep, a fim de que seja providenciada, gratuitamente, a análise e, se necessária, a substituição do sensor de pressão de combustível do veículo, bem como a atualização do software da unidade de controle do motor.

LEIA MAIS

Fiat convoca recall de 81,7 mil veículos

Anúncio

FCA ainda estuda picape em Goiana

PSA e FCA estendem parceria em utilitários

O tempo mínimo para o reparo é de aproximadamente duas horas e o proprietário pode escolher a concessionária Jeep de sua preferência para realizar o serviço. Estão envolvido no recall os números de chassis não sequenciais (últimos seis dígitos) H00340 a J41119.

A FCA comunica aos proprietários que mais informações podem ser obtidas pelo site www.jeep.com.br ou na Central de Serviços ao Cliente Jeep pelo telefone 0800 703 7150. “Com esta iniciativa, a FCA visa a assegurar a satisfação dos seus clientes, garantindo a qualidade, a segurança e a confiabilidade dos veículos da marca Jeep”, destaca a fabricante em seu comunicado.


Foto: Divulgação/FCA