Em operação desde 2008 como parte do grupo FCA, Fiat Chrysler Automóveis, a fábrica de Campo Largo, PR, acaba de alcançar a marca de 1,5 milhão de motores E.Torq produzidos localmente. O complexo industrial é responsável pela produção dos motores 1.6 e 1.8, que equipam modelos da Fiat e da Jeep fabricados no Brasil. Parte da produção é também exportada para Argentina, Itália e Turquia.

“A planta de Campo Largo é um centro de excelência na produção de motores e um ativo fundamental para a estratégia da FCA não somente no Brasil, mas globalmente”, afirmou o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, ao visitar a fábrica na semana passada.

LEIA MAIS

FCA inicia fornecimento de cabeçotes para Itália

FCA lança Projeto Araucária em Campo Largo

Controle de emissões dá Selo Ouro à FCA na América Latina

A fábrica paranaense segue o sistema de produção do WCM, World Class Manufacturing, que busca a melhoria contínua de processos ao eliminar desperdícios e elevar a qualidade dos produtos. Merecedora do nível Prata do WCM, Campo Largo é a planta da América Latina com maior pontuação na metodologia.

Anúncio

“Nosso desafio é melhorarmos cada vez mais nossa competitividade, garantindo a sustentabilidade do negócio”, diz o diretor industrial Powertrain para a América Latina, Claudio Rocha. Com400 colaboradores

Com cerca de 400 colaboradores, a planta tem como diferencial a adoção de tecnologias integradas à Indústria 4.0 e prima por ações na área de sustentabilidade. Considerada “Carbono Neutro”, ao compensar 100% das emissões de CO2 geradas no processo produtivo, usa energia renovável e possui uma área de 106 hectares de floresta com Araucária, que abriga espécies de aves e mamíferos ameaçadas de extinção e cinco nascentes preservadas.

A mata, que possui trilha ecológica, recebe crianças de escolas públicas de Campo Largo para imersão na área verde. Lançado no ano passado, o Projeto FCA Araucária, de conservação de área natural e educação ambiental, já recebeu cerca de 2 visitantes, grande parte crianças.


Foto: Divulgação/FCA