A Mercedes-Benz do Brasil revelou nesta terça-feira (15) os fornecedores vencedores da 27ª edição do Prêmio Interação e do 9º Prêmio de Responsabilidade Ambiental. Foram eleitas 15 empresas por sua atuações ao longo de 2018. Elas receberam troféus durante solenidade realizada na Fenatran, maior mostra latino-americana do transporte de carga, que acontece até a próxima sexta-feira (18) no São Paulo Expo, em São Paulo.

O local do evento teve a clara motivação de apresentar o protagonista do estande da montadora: o novo caminhão pesado Actros, que começa a ser produzido em janeiro em São Bernardo do Campo (SP) e terá as primeiras unidades entregues aos clientes no fim do primeiro trimestrede 2020.

O desenvolvimento do modelo foi o principal desafio da empresa e dos fornecedores nos últimos anos. Tanto que, em discurso, Philipp Schiemer, CEO da Mercedes-Benz na América Latina, reiterou diversas vezes a importância e a disposição da cadeia produtiva para o encaminhamento do projeto. Lembrou, por exemplo, a rápida resposta de alguns deles quando da enchente de março último que interrompeu a produção e causou sérios prejuízos na fábrica do ABC.

Matthias Kaeding, diretor de compras da operação brasileira há apenas 3 meses, preferiu destacar a qualidade alcançada na segunda geração do Actros, uma plataforma mundial, o que, segundo ele,  credencia os fornecedores brasileiros a serem fornecedores mundiais do Grupo Daimler, vencidas, naturalmente, as barreiras de custos e de eficiência logística.

LEIA MAIS

→ Sem espelho retrovisor, Actros ganha versões com motor de 530 cv

→Mercedes-Benz espera crescimento de 55% no mercado de utilitários

Anúncio

→Mercedes-Benz avança com a digitalização no transporte

Schiemer, de qualquer forma, antecipou a intenção da empresa de exportar o novo caminhão para diversos mercados, ainda que nos primeiros meses a preocupação seja abastecer o mercado interno. “As exportações devem começar no segundo semestre do ano que vem. Estamos estudando vários países”, declarou.

A Mercedes-Benz premiou 9 empresas de Materiais Diretos, 3 de Material Indireto e Serviços, e 3 por ações voltadas à sustentabilidade ambiental. Conheçam as vencedoras:

 

PRÊMIO INTERAÇÃO

 

Materiais Diretos

Categoria Qualidade: 

• Kromberg & Schubert

• Schulz

Categoria Logística: 

• Iochpe Maxion

• Michelin

Categoria Custos:

• Meincol

• Maxiforja

Categoria Tecnologia: 

• Sumitomo Riko

• Modine

Categoria Especial: 

• Fastplas

 

Materiais Indiretos e Serviços

Categoria Operacional:

• Embalatec

Categoria Comercial: 

• Cosan Lubrificantes

Categoria Especial:

• Construcione Engenharia

 

PRÊMIO RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

• Basf

• Bridgestone

• Henkel


Foto: AutoIndústria