Os números ainda são tímidos, mas o mercado de carros elétricos e híbridos começa a ganhar novos contornos no Brasil a partir da maior oferta de modelos eletrificados no segmento premium e principalmente do lançamento do Toyota Corolla híbrido flex produzido no Brasil, o primeiro do gênero no mundo.

De acordo com dados divulgados esta semana pela Anfavea, as vendas de elétricos e híbrido triplicaram no mercado brasileiro, saltando de 3.970 emplacamentos em 2018 para 11.858 no ano passado. A participação nas vendas totais de automóveis e comerciais leves ainda é bastante reduzida, mas dobrou de 0,2% para 0,4% no mesmo comparativo.

A Toyota revela que das 26,5 mil unidades da nova geração do Corolla vendidas entre o seu lançamento em setembro e o final do ano, 22% foram da versão híbrida flex, ou seja, 3.641 unidades. Sem dúvida um número decisivo para que o mercado de eletrificados triplicasse em relação a 2018.

LEIA MAIS

Versão híbrida responde por 22% das vendas do Corolla

Volvo Cars lança mais duas versões híbridas plug-in no País

Mas outras marcas também comemoram bons resultados a partir da oferta de elétricos e híbridos. A Volvo Cars, por exemplo, informa que das 7.916 unidades comercializadas pela marca em território nacional no ano passado, 1.166 foram da categoria de eletrificados plug-in hybrid, com destaque para o XC60, responsável por 823 unidades.

O presidente da Volvo Cars Brasil e head da América Latina, Luis Rezende, revela que a marca espera alcançar, em 2020, a terceira posição no segmento premium, além de consolidar sua liderança em eletrificados no mercado de carros de luxo.

Anúncio

LEIA MAIS

Volvo Cars investe na instalação de 500 eletropostos no Brasil

BMW 320i está prestes a chegar ao Brasil

A BMW é outra marca premium que vem investindo forte em mobilidade sustentável. A empresa lançou este ano quatro modelos eletrificados – o novo 530e, o 745 Le M Sport, o i8 Coupé e a nova geração do BMW i3. Além disso, ampliou a rede de recarga para veículos híbridos e elétricos no País, atingindo um total de 180 postos de recarga elétrica no território nacional de modo a acompanhar o aumento da oferta de produtos eletrificados.

O Grupo BMW comercializa modelos do gênero por aqui desde 2011, quando lançou os híbridos BMW Série 3 e Série 7 Active Hybrid. Em 2014, a fabricante foi pioneira ao oferecer um veículo totalmente elétrico no Brasil, o BMW i3, além do superesportivo híbrido BMW i8 roadster. Em 2018, o grupo passou a oferecer também o novo Mini Cooper S E Countryman ALL4, que oferece o propulsor PHEV, conhecido como híbrido plug-in.

Também a Porsche atribui o bom resultado obtido em 2019 à oferta de modelos eletrificados. No total a empresa vendeu 1.849 veículos, o que representou crescimento de 26,9% sobre os 1.457 comercializados em 2018. Rodrigo Soares, gerente de Relações Públicas da Porsche, informou nesta quarta-feira, 8, que entre 35% a 40% das vendas da marca contemplam modelos eletrificados. São três os modelos do gênero comercializados pela marca no País: Cayenne, Panamera e Macan.