Mais uma empresa está anunciando a prorrogação do período de suspensão da produção no setor automotivo devido ao impacto da pandemia da Covid-19. Nesta segunda-feira, 6, foi a vez de a Honda anunciar que não retomará mais sua produção no próximo dia 14, como anteriormente previsto, mas apenas no dia 27 de abril. A medida abrange as fábricas de Sumaré e Itirapina, ambas no interior paulista.

De acordo com nota da fabricante de automóveis, os colaboradores permanecem em férias coletivas na área de produção e parte do grupo que desempenha atividades administrativas segue em regime de home office:

“Para essa decisão, a empresa considerou a saúde e segurança dos colaboradores e os impactos da pandemia da Covid-19 no mercado de automóveis”, explicou a Honda, adiantando ainda que, a cada momento, está revisando as contramedidas em resposta aos desafios impostos pelo avanço da pandemia.

LEIA MAIS

Produção de veículos recua 16% em 2020

Anúncio

Dentre outras empresas que adotaram medida similar estão a Volkswagen e Toyota, que se programam para retomar produção no final deste mês, e também a Mercedes-Benz, que prevê apenas para 4 de maio a volta das atividades em suas fábrica de São Bernardo do Campo, SP, e Juiz de Fora, MG. Até lá, a empresa negociará com os sindicatos os próximos passos a serem adotados caso prossiga o crescimento da propagação do novo coronavírus no País.

LEIA MAIS

Volkswagen prorroga férias coletivas até o final de abril

Toyota adia retomada da produção nas fábricas brasileiras]

Mercedes-Benz estende férias coletivas até 2 de maio


Foto: Divulgação/Honda