As picapes nunca foram tão úteis para a indústria automobilistíca como em abril. O trocadilho é quase obrigatório: em boa medida, elas ajudaram a carregar o mercado nas costas. Dentre os veículos mais vendidos no País, três eram picapes. 5ª

A Toyota Hilux apareceu, pela primeira vez na história, em quarto lugar no ranking, com 1.762 unidades licenciadas, à frente de modelos populares como o VW Gol e Renault Kid. Outra picape, a Fiat Toro, ficou no quinto posto, ela que já esteve entre várias vezes entre os top 10, mas nunca nessa posição.

Na oitava posição, outra Fiat, a Strada. Destaque também para a Chevrolet S-10, que há tempos não aparecia tão bem posicionada: ficou na 14ª posição com 1,1 mil unidades.

O desempenho marcante das picapes em abril  tem explicação. Com os respectivos Detran funcionando, cidades do Centro Oeste, região onde esses comerciais leves têm grande parte dos consumidores — como Campo Grande, Goiânia, Cuiabá e Brasília, “venderam” mais  veículos do que São Paulo, tradicionalmente o grande mercado nacional.

→ Veja o ranking das cidades que mais venderam em abril


Foto: Divulgação