A edição 2020 do Salão Internacional de Veículos Comerciais Hanover, o IAA, foi oficialmente cancelada. Em comunicado oficial emitido na quarta-feira, 6, a VDA, associação das fabricantes de veículos da Alemanha e organizadora do evento, diz que como anfitriã do evento não poderia expor ao risco milhares de visitantes vindos de todas as partes do mundo em meio a uma pandemia sem precedentes.

“Como ponto de encontro global para especialistas e tomadores de decisão de todo o setor de transporte e logística, sua força é a variedade internacional de expositores e visitantes. Contato pessoais diretos estão no centro do evento”, diz a nota.

A VDA ainda aponta que a proibição de grandes eventos para os próximos meses na Europa, além de restrições de viagem que permanecerão em vigor também pesaram na decisão da associação.

O Salão de Hanover, considerado como a mais importante evento de negócios do setor de transporte, realizado a cada dois anos, abriria portas de 24 a 30 setembro. Agora, inicialmente, ocorrerá em setembro de 2022.

Anúncio

“Foi uma decisão difícil de tomar. Tendo em vista a situação geral na Europa e no mundo, no entanto, não vemos nenhuma possibilidade de realizar o IAA este ano”, diz o comunicado da VDA.

A exposição alemã enfileira mais uma das feiras internacionais do setor automotivo canceladas ou adiadas em 2020 em virtude da pandemia da covid-19, casos da de Detroit, Genebra, Nova Iorque e Pequim.

LEIA MAIS

→Salão de Detroit é cancelado oficialmente

→Coronavírus força o cancelamento do Salão de Genebra

→China adia Salão de Pequim


Foto: IAA/Divulgação