Há exatos 35 anos a alemã ZF produziu seu primeiro eixo em Sorocaba, SP. Desde então, já saíram de suas linhas de montagem perto de 550 mil unidades do componente para aplicações em máquinas agrícolas e de construção.

O recorde anual de produção é de 2010, quando foram fabricados 30,2 mil eixos. Sorocaba hoje dedica a maior parte de sua linha de montagem para atender o mercado de tratores agrícolas.

“Essa alta capacidade de absorção está diretamente relacionada às safras recordes no Brasil”, justifica Paulo Vecchia, gerente da Unidade de Negócios de Sistemas Fora de Estrada da ZF América do Sul.

As boas perspectivas do agronegócio permitem que a ZF já trabalhe inclusive para ampliar seu leque de fornecimento e também no aumento do atual portfólio de produtos para o segmento. Já no ano que vem, adianta a empresa, chegarão ao mercado mais dois eixos.

A operação brasileira tornou-se o Centro de Competência Global para produção de eixos agrícolas em 2018 e coordena o desenvolvimento para todos os mercados atendidos pela ZF em todo os continentes.

LEIA MAIS

→ ZF fortalece negócio em eletrificação de veículos leves

→ ZF finaliza processo de compra da Wabco


Foto: Divulgação