AByd é a fornecedora do chassi utilizado em projeto piloto de ônibus elétrico para uso rodoviário desenvolvido pela VIX Logística em parceria com a EDP, WEG e Certi no Espirito Santo. A iniciativa pioneira envolve serviço de frentamento para transporte de funcionários das empresas do Estado.

Com carroceria Viaggio, na versão 1050, fabricada pela Marcopolo, o veículo será testado durante 18 meses, a partir de investimento total de R$ 6,6 milhões, que também contempla quatro estações de recarga em operação integrada por meio de uma plataforma de gestão.

O objetivo é avaliar as condições e 0 custo-benefício para uma possível ampliação do projeto junto a outros mercados e parceiros. Além de prover os serviços de mobilidade elétrica e operação dos carregadores, a EDP é responsável pela gestão geral do projeto. Já a VIX Logística, empresa do Grupo Águia Branca, realizará as análises de viabilidade.

O projeto foi desencadeado a partir de chamada estratégica de pesquisa & desenvolvimento (P&D), promovido pela Aneel em 2019.

Com autonomia para rodar até 350 km entre as recargas da bateria, o Byd D9F tem potência de até 410 cv e dois motores elétricos integrados às rodas do eixo traseiro, possuindo carregamento rápido em até quatro horas. O veículo tem 12,9 metros de comprimento e capacidade para 44 passageiros.

Anúncio

LEIA MAIS

BYD produzirá chassi elétrico articulado com piso alto no País

→Recarga ultrarrápida nos eletropostos da VW, Audi, Porsche e EDP

“A ampliação e massificação do uso dos ônibus dentro do ecossistema da mobilidade elétrica tem um grande potencial para popularizar o mercado, bem como trazer inúmeros benefícios ambientais evitando a emissão de CO2 na atmosfera. Estamos muito contentes com a implantação prática desse projeto e esperamos que seja o início de um legado positivo para o País”, comenta Nuno Pinto, Head de Mobilidade Elétrica na EDP Brasil.


Foto: Divulgação/Byd