Bosch e Microsoft vão desenvolver conjuntamente plataforma digital de integração de veículos com nuvens de dados. Baseada na Microsoft Azure, a nova plataforma incorporará e permitirá que módulos de softwares da Bosch sejam desenvolvidos e baixados nas unidades de controle e computadores dos veículos.

A intenção das parceiras é lançar a plataforma para os primeiros protótipos de veículos até o fim de 2021. Na prática, com ela, os proprietários dos automóveis terão acesso mais rápido e fácil a novas funções e serviços digitais.

“Com a plataforma abrangente de veículos definidos por softwares, queremos dar mais autonomia para as montadoras desenvolverem novas funções e colocá-las na estrada com mais rapidez”, afirma Markus Heyn, membro da direção mundial do Grupo Bosch.

Os softwares terão papel cada vez mais relevante nas próximas gerações de veículos. Tendências como eletromobilidade, direção autônoma e serviços de mobilidade só são possíveis com muitos softwares, que também exigirão atualizações mais frequentes. Um trabalho que tende a ser facilitado com a plataforma integrada, enfatiza a Bosch, que já fornece vários sistemas para os atuais veículos.

Anúncio

“Ter uma plataforma de software que abrange desde o carro até a nuvem reduzirá a complexidade do desenvolvimento e a integração do sistema do veículo. Desta forma, criaremos as condições para que as atualizações sem fio funcionem bem e de forma tão conveniente em veículos quanto funcionam nos smartphones”, afirma Heyn.

As duas parceiras também planejam trabalhar no aprimoramento das ferramentas de desenvolvimento já existentes para que fornecedores e fabricantes de automóveis simplifiquem e acelerem seus próprios desenvolvimentos de softwares.

Revelaram ainda que planejam usar a plataforma integrada para abrir o código-fonte de partes importantes da nova plataforma de software no GitHub.com com o intuito de incentivar a reutilização de código e o compartilhamento de melhores práticas em toda a indústria.

LEIA MAIS

→ Bosch e Basf terão joint venture de inteligência no campo


Foto: Divulgação