A 28ª edição do Simea, Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva, acontece nos dias 17 e 18 de março com o tema “A Revolução da Mobilidade na sociedade 5.0”.  O forum, o mais importante do segmento, não foi realizado no ano passado em decorrência da deflagração da pandemia da Covid-19.

Com o prosseguimento do quadro sanitário, a organizadora AEA, Associação Brasileira de  Engenharia Automotiva (www.aea.org.br), optou por realizar o encontro de forma totalmente virtual pela primeira vez ao longo de três décadas. Presencialmente, perto de 1 mil profissionais, na média, participavam dos dois dias do encontro.

Anderson Suzuki, coordenador do Simea 2021, tem a expectativa de que o público não deve ser muito diferente no novo formato e, talvez, chegue ser até maior. Ele aponta, além do conteúdo abrangente,  a facilidade da internet, o maior número de palestras e o preço reduzido das inscrições de R$ 70,00 para sócios da AEA e R$ 150,00 para não-sócios — perto de 20% do que era cobrado pelos simpósios anteriores — como fatores de atratividades neste ano.

O fato de ser um encontro virtual, lembra Suzuki, permitiu a participação de 12 palestrantes, duas vezes mais do que na  última edição, realizada há dois anos em São Paulo. “E a metade é de especialistas de outros países”, enfatiza o coordenador, que destaca, dentre os ocnvidados, a professora japonesa Yuko Arayama, diretora da consultoria Riken e pesquisadora de políticas de tecnologia e de sistemas de inovação.

Anúncio

Além das palestras, o Simea terá paineis de discussões, salas técnicas e a apresentação de 60 trabalhos técnicos, número 10% maior do que na última edição.

O desenvolvimento e os impactos da indústria 4.0 no Brasil devem concentrar boa parte das dicussões nos dois dias, superados somente pela incipiente eletrificação dos veículos no mercado interno. Em 2020, automóveis e comerciais leves eletrificados representaram somente 1% das vendas de veículos no Brasi l— e 80% deles híbridos.

LEIA MAIS

→ AEA: Brasil é protagonista em bioeletrificação.


Foto: Divulgação