A Caoa Chery intensifica processo de expansão da rede de concessionárias no País e promete encerrar 2021 com 150 pontos de venda, um acréscimo de 30% sobre os 115 atuais. Além de ampliar o atendimento físico, a fabricante segue com seu serviço de atendimento em domicílio, que visa oferecer conforto e segurança aos clientes durante a pandemia da Covid-19.

Disponível em todo o País, esse serviço abrange a oferta de realizaçao de test drive e também de verificação de opções de financiamento para a compra de um modelo 0 km via online. Segundo a empresa, todos os veículos passam por higienização completa a cada atendimento e os colaboradores seguem os protocolos preconizados pelos órgãos de saúde no contato com o público.

Criada em novembro de 2017 a partir de uma parceria entre a montadora 100% brasileira e a chinesa, a Caoa Chery praticamente quadriplicou o número de concessionárias no País desde 2018. Nos últimos quatro meses, inaugurou novas lojas nas cidades de São Paulo (SP), Presidente Prudente (SP), Araçatuba (SP), Manaus (AM), Ipatinga (MG), Pouso Alegre (MG), Jaraguá do Sul (SC), Tubarão (SC), Erechim (RS), Santarém (PA), Caraguatatuba (SP) e Caruaru (PE).

De acordo com Marcio Alfonso, CEO da Caoa Chery, todas seguem o mesmo padrão de qualidade da rede, que visa  proporcionar aos clientes da marca conforto, comodidade e agilidade. “Sabemos que em um país de dimensões continentais como o Brasil, precisamos atuar de forma muito ampla, garantindo que todas as áreas sejam atendidas com o mesmo cuidado e excelência”, comenta o executivo.

Anúncio

LEIA MAIS

Caoa Chery projeta vender 70% a mais em 2021

Caoa Chery tem novo gerente executivo comercial

Vale lembrar que a Caoa Chery vem ampliando gradativamente sua participação no mercado brasileiro e desde o ano passado conquistou a 11ª colocação no ranking das marcas mais vendidas no País, ultrapassando Citroën e Peugeot, com muito mais tempo de presença aqui.

No acumulado do primeiro bimestre a Caoa Chery vendeu 3.940 veículos, com fatia de 1,2% nas vendas totais de automóveis e comerciais leves, conforme dados divulgados este mês pela Fenabrave.


Foto: Divulgação/Caoa Chery