AFundep, Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa, faz nova chama pública de PD&I da Linha IV – Ferramentarias Brasileiras Mais Competitivas, do programa Rota 2030. A instituição investirá até R$ 15 milhões em projetos de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), em parceria com empresas e startups de todo o Brasil.

Nessa nova etapa, lançada em live da AEA, Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, nesta quinta-feira, 15, a Fundep  pretende “fomentar o intercâmbio entre grupos de pesquisa e a cadeia automotiva para o desenvolvimento de programas de capacitação técnico, científico e gerencial”.

A ideia é “elevar a produtividade e competitividade da cadeia nacional de ferramentaria a um patamar mundial”, diz a Fundep. Para cada um dos projetos do Eixo I: Projetos de aperfeiçoamento e implementação serão destinados R$ 1,5 milhão e até R$ 3, 5 milhõer para iniciativas do Eixo II: Desenvolvimento a partir de demonstradores.

Anúncio

As empresas e instituições interessadas devem submeter a pré-proposta para avaliação até 31 de maio. A divulgação do resultado final está prevista para o início de setembro e a assinatura do acordo de parceria, para outubro.

Esta é a segunda chamada de PD&I lançada pela Linha IV — da primeira, já estão em desenvolvimento nove projetos de PD&I, com o aporte de R$ 29 milhões da Fundep.

LEIA MAIS

→ Sabó busca startups para projetos do Rota 2030

→ Sindipeças defende o aperfeiçoamento do Rota 2030


Foto: Divulgação