A Daimler Truck, o Grupo Traton e o Grupo Volvo assinaram acordo no qual encaminham parceria para instalar e operar rede pública de carregadores elétricos para caminhões e ônibus em toda a Europa. A intenção das fabricantes é iniciar e acelerar construção de infraestrutura, bem como aumentar a confiança do transportador na migração para um transporte neutro.

O acordo prepara as bases para uma futura joint venture a ser criada com participação igualitária entre as fabricantes e planejada para começar operações em 2022. O aporte inicial será de € 500 milhões para instalar e operar ao menos 1,7 mil estações de recarga, localizadas ao longo de rodovias e pontos estratégicos da malha logística da Europa.

A estimativa é de concluir a infraestrutura inicialmente planejada em cinco anos a partir da fundação da joint venture, que terá sede em Amsterdã, na Holanda.

“Para alcançar a neutralidade climática até 2050 é vital que a construção da infraestrutura certa ande de mãos dadas com a introdução de caminhões neutros em CO2 nas estradas. Juntamente com o Grupo Traton e o Grupo Volvo, estamos, portanto, muito entusiasmados por dar este passo pioneiro para estabelecer uma rede de recarga de alto desempenho em toda a Europa”, disse Martin Daum, CEO da Daimler Truck.

Para Matthias Gründler, CEO do Grupo Traton, o futuro do transporte é elétrico e o momento exige esforço para acelerar o desenvolvimento de eletropostos. “Estamos dando o primeiro passo para acelerar a transição para um transporte sustentável e livre de energia proveniente de fósseis. O segundo passo deve ser um forte compromisso da União Europeia para a expansão total de uma rede de recarga em toda a Europa.”

Anúncio

“Estamos estabelecendo a base necessária para que nossos clientes consigam realizar a transformação para eletrificação. Temos tecnologias de eletro-mobilidade poderosas e, agora, com a Daimler Truck e o Grupo Traton e graças ao Acordo Verde Europeu, também um entendimento de toda a indústria, bem como um ambiente político propício para um grande avanço em direção a soluções sustentáveis de transporte e infraestrutura”, resumiu Martin Lundstedt, presidente e CEO do Grupo Volvo.

A Daimler Truck, o Grupo Traton e o Grupo Volvo deterão partes iguais na parceria, mas continuarão a ser concorrentes em todas as outras áreas. A criação da joint venture está sujeita a aprovações regulatórias e outras aprovações. A assinatura de contrato de criação da nova empresa pode ser esperada para até o fim de 2021.

LEIA MAIS

→Traton define novas estratégias globais

→Daimler Truck prepara a casa para se tornar independente

→Daimler e Volvo anunciam planos da cellcentric, joint venture para células de combustível

→Volvo e SSAB se unem em prol do aço livre de combustíveis fósseis


Foto: Daimler/Traton/Volvo/Divulgação