Após a queda na demanda provocada pelos impactos da pandemia, A Meritor inicia o segundo semestre com programação que vira a página para um novo capítulo. Não só porque a empresa acaba de completar 65 anos de atividades no País, mas também porque já dá como certo registrar um crescimento robusto.

Em transmissão ao vivo na segunda-feira, 19, Adalberto Momi, vice-presidente da Meritor para a América do Sul, estimou que a produção de eixo este ano deverá crescer perto de 90,5%, para 120 mil unidades ante 63 mil produzidas no ano passado.

“Mesmo em ambiente adverso provocado pela pandemia, conseguimos manter a nossa produção com índice de 100% no desempenho das entregas a todos os clientes”, resumiu Momi. “Reafirmamos nossa liderança com mais de 50% de participação nos veículos comerciais acima de 6 toneladas.”

Ainda assim, a empresa prefere a cautela, em especial devido a cadeia de suprimentos tanto local quanto internacional. “Competimos com outras regiões do mundo e precisamos compartilhar os volumes e preços das commodities que estão em alta”, diz Kleber Assanti, diretor de Vendas e Marketing para América do Sul.

Ao completar 65 anos no País, celebrado no dia 16 de julho, a Meritor se destaca como importante parceira das fabricantes comerciais. A partir de duas unidades fabris, Osasco (SP) e Resende (RJ), a empresa fornece eixos de 6 a 125 toneladas de peso bruto total combinado para montadoras como Volkswagen Caminhões e Ônibus, Iveco, Mercedes-Benz, DAF, Volvo e Agrale. A companhia ainda avalia a construção de uma terceira fábrica, em Roseira (SP).

Sua trajetória também é marcada por trazer inovações ao mercado. Dentre as mais recentes, cabe destacar o desenvolvimento do eixo de tração para o e-Delivery, o caminhão 100% elétrico da VWCO. Para o ano que vem, a Meritor também passará a oferecer os chamados Detachable e Auto-DCDL.

Anúncio

O primeiro é um sistema que permite transformar o veículo 6×4 em 6×2, nas versões sem suspensor de eixo, ou em 4×2. Já o segundo instala no veículo sistema de bloqueio automático do diferencial. Uma unidade de controle eletrônica permite acoplamento no eixo sem necessidade de adaptações no veículo.

Para o futuro, a Meritor coloca foco nos eixos eletrificados. Nos Estados Unidos, a produção do 14Xe já começou por meio da Blue Horizon, a unidade de negócios da empresa dedicada a novas tecnologias para a mobilidade. O componente estará em caminhões médios e pesados em configurações 4×2, 6×2 e 6×4. Por aqui, já se encontra em fase de prospecção junto a clientes, de acordo com o vice-presidente.

Em seguida, virão os eixos elétricos 12Xe e 17Xe. Os testes estão previstos para começar no início do ano que vem.

LEIA MAIS

→Meritor já fornece oficialmente eixo para o VW e-Delivery

→Meritor amplia área de testes em Osasco

→Meritor produzirá o eixo elétrico 14Xe nos EUA ainda este ano

→Unidade da Meritor de Resende recebe premiação mundial


Foto: Meritor/Divulgação