Com operações paralisadas desde março por causa da falta de semicondutores, a fábrica da General Motors em Gravataí, RS, retomará suas atividades em um turno na próxima segunda-feira, 15. Em nota divulgada nesta quinta-feira, 12, a montadora informou que a volta das atividades locais se dará com a produção da linha 2022 da nova geração do Onix e Onix Plus (sedã).

Líder de mercado por cinco anos consecutivos, o hatch da Chevrolet despencou no ranking este ano por causa dos problemas relativos à escassez de componentes eletrônicos, que têm afetado a indústria automotiva brasileira e mundial de forma generalizada, mas não de forma tão contundente como a vivida pela GM no País.

Outras montadoras também têm parado total ou parciamente suas linhas, mas por períodos mais curtos. No caso da fábrica de Gravataí, a suspensão das operações vai superar 5 meses, com total desabastecimento das duas versões do Onix na rede Chevrolet.

Sem revelar o tempo de espera pelo produto, o presidente da GM América do Sul, Carlos Zarlenga, comenta ser o Onix o carro preferido do consumidor brasileiro, destacando que “o retorno da produção é importante pois vamos começar a atender aos milhares de clientes que aguardam pelo produto nas concessionárias”.

Anúncio

LEIA MAIS

Paralisação da GM em Gravataí vai chegar a 134 dias

GM concede férias coletivas em Gravataí por falta de componentes

Toyota suspende produção na fábrica de Sorocaba

A empresa informa que a linha 2022 do novo Onix estará disponível em dois tipos de carrocerias (hatch e sedã), três diferentes conjuntos mecânicos (1.0 MT6, 1.0 Turbo MT6 e 1.0 Turbo AT6) e com seis níveis de acabamentos, incluindo as versões RS, Midnight e Premier. E lembra que a planta de Gravataí, uma das mais novas da GM na América do Sul,  sempre se destacou pela alta tecnologia, inovação, sustentabilidade e pela sua conexão com a comunidade.